Notícias Gerais

DEBATES ACIRRADOS, MAS RESPEITOSOS

Nos encontros realizados, após muita discussão, vários consensos foram construídos. Contudo, restaram divergências em algumas questões importantes para os trabalhadores na ótica dos dirigentes sindicais. “Os sindicatos não podem correr riscos para garantir uma PLR justa e proporcional ao crescimento das empresas para os trabalhadores, já que esse ano as discussões foram antecipadas”, destacou Fernandes.

 

CONFIRA OS PONTOS QUE A INTERSINDICAL CONSEGUIU AVANÇOS

PROPOSTA REBAIXA E PERVERSA
É preciso destacar que a proposta inicial da holding era extremamente prejudicial para os trabalhadores. Na prática, se fosse implantada no formato sugerido, as mudanças iriam rebaixar a PLR e decretar retrocessos para as conquistas que tínhamos assegurado ao longo desses anos.

ANTECIPAÇÃO DAS DISCUSSÕES
Uma das preocupações da Intersindical era garantir as regras do jogos antes do início da partida. Dessa forma, conseguimos iniciar o debate da PLR ainda no mês de abril. Nos anos anteriores, a empresa iniciava no segundo semestre. Fazíamos a regra após a partida já ter começado.

ALTERAÇÃO DA META DE PERDAS (IPE)
Após muita discussão, conseguimos iniciar do ponto mínimo do realizado no ano anterior. Levamos em conta que as empresas darão prioridade a esse objetivo neste ano.

ALTERAÇÃO NAS METAS DO COMBO FINANCEIRO
Conseguimos alterar o chamado “Combo Financeiro”, que consiste em unir o EBTIDA, lucro líquido e OPEX, ampliando assim a faixa mínima e a possibilidade de pontuar mais em cada objetivo.

PLR MAIOR E MAIS JUSTA
Nos debates da PLR, a bancada sindical conseguiu assegurar uma importante mudança (confira mais informações nas assembleias) que vai melhorar o repasse da PLR para os trabalhadores.

A NEO EXIGIU O LIMITE DA PLR EM 3 SIR
Mesmo com muita resistência da bancada sindical, dentro do processo de ganha-ganha, tivemos que negociar o limitador. Contudo, após diversos cálculos, inclusive por empresa, definimos o limitador que não atinge os valores que nos alcança. Ou seja, mesmo aplicado o limitador, o valor destinado para pagamento dentro dos demais critérios não consegue ser ultrapassado.

PAGAMENTO ATÉ 15/04 /2020
A bancada sindical assegurou a data limite para pagamento da nossa PLR. Assim é possível realizar um planejamento sobre esse recurso ao longo do ano.

NA COELBA E CELPE ALTERAMOS A AVALIAÇÃO DA PARTE VARIÁVEL DE DEPARTAMENTO PARA UNIDADE
Esse avanço é importante para os trabalhadores dessas empresas, já que reduz o risco de uma unidade que não foi bem prejudicar todo departamento.

MANUTENÇÃO NA DISTRIBUIÇÃO DE 50% PARTE FIXA E 50% NA PARTE VARIÁVEL
Ameaçado na proposta inicial da holding, a forma atual de distribuição estava em risco. Com uma posição firme da Intersindical, conseguimos manter a regra que equilibra a PLR para todos os níveis de salário.

CRITÉRIO DE PUNIÇÃO DISCIPLINAR PARA PAGAMENTO DA PLR
Esta era uma preocupação da categoria. Nesta negociação conseguimos avançar neste ponto.

CADA EMPRESA TERÁ SUA PRÓPRIA TABELA DE OBJETIVOS E METAS
As distorções existentes a partir de realidades diferentes está extinta. A Intersindical garantiu a especificidade nesta situação.

12 Comentários

Deixe uma resposta