Notícias do Sindicato

Greve Nacional suspensa, mas luta continua

As Centrais sindicais – CUT, Força Sindical, UGT, Nova Central e CSB – suspendem a greve nacional no dia 5/12 diante da informação que a proposta de Reforma da Previdência não será votada no dia 6/12. A pressão do movimento sindical foi fundamental para o cancelamento da votação da Reforma da Previdência. Por isso é importante os trabalhadores manter a mobilizados e em estado de alerta de greve.

A direção do SINTERN estava organizando a mobilização quando recebeu a notícia da suspensão da greve.

A entidade sindical manterá sua base mobilizada para movimento nacional para qualquer eventualidade de votação desta reforma que acaba com a aposentadoria dos trabalhadores.

A classe trabalhadora vai intensificar também a luta por mudanças na Medida Provisória (MP) da Reforma Trabalhista, que está em análise no Congresso Nacional. A luta continua por um país mais justo, com aposentadorias dignas, emprego e renda para todos.

Direção do SINTERN.

Deixe um comentário