Notícias do Sindicato

IBERDROLA DETERMINA EXCLUSÃO DOS DIRETORES ELEITOS NAS REUNIÕES DAS FUNDAÇÕES

A Iberdrola faz de tudo para aumentar seus lucros e transferir a riquezas dos brasileiros para a Espanha.
Dentro dessa lógica perversa, a holding acha que tudo é permitido. Agora instituíram reuniões sigilosas na
CELPOS, FAELBA e FASERN que se realizam, por convocação da Iberdrola, com a presença exclusiva dos
diretores indicados pelos patrocinadores. A exclusão dos diretores eleitos das três Fundações pelos participantes e assistidos ocorreu de forma arbitrária. A atitude mostra a prática autoritária e mesquinha dos espanhóis.
Curioso é que o tão falado Código de Ética (compliance) só existe para ser cobrado dos trabalhadores, mas os
espanhóis praticam justamente o contrário. A Intersindical não aceitará qualquer modificação que venha prejudicar os participantes e assistidos, tampouco abrirá mão de eleger um diretor em cada Fundação.

Perguntas que não querem calar:
Por que a Iberdrola excluiu das reuniões os diretores eleitos pelos
os assistidos e participantes?
Será que os espanhóis da Iberdrola estão preparando um novo
golpe contra os trabalhadores?
COM A PALAVRA, A IBERDROLA!

1 comentário

Deixe uma resposta