Aneel avalia diferença de preço de energia nas regiões do país
13 de abril de 2010 | Autor: Agência Estado
Fonte: Agência Estado

Um dos principais entraves do leilão de Belo Monte está prestes a ser minimizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Conforme apurou a Agência Estado, o regulador está próximo de aprovar um parecer técnico sobre o chamado "swap de energia", que consiste na troca entre consumidores e geradores localizados em diferentes regiões do País.
Esse mecanismo reduziria o "risco de submercado", que é a diferença de preço da energia entre as regiões.

Durante o processo de negociação com o governo, os principais interessados no projeto solicitaram a eliminação desse risco, o que não foi aceito e foi um dos fatores que levaram o consórcio integrado pela Camargo Corrêa e Odebrecht a desistir do leilão. Essa questão preocupa também a mineradora Vale, que faz parte do consórcio de investidores liderado pela construtora Andrade Gutierrez.

A Aneel havia marcado para ontem uma reunião extraordinária de diretoria para aprovar a questão. O processo sofreu um pequeno atraso porque o diretor da Aneel que cuida do tema, Romeu Rufino, não se sentiu confortável em deliberar sozinho sobre o "swap de energia". Com isso, articulou com outros diretores da agência a realização dessa reunião extraordinária, já que, tradicionalmente, os diretores da Aneel se reúnem às terças-feiras.