CEREST Estadual lembra, nesta Terça-feira (28), o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Doenças e Acidentes de Trabalho
27 de abril de 2010 | Autor: CEREST/RN
Fonte: CEREST/RN

A próxima terça-feira (27) é lembrada como o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Doenças e Acidentes de Trabalho. Para refletir sobre o tema, o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST), com o apoio do Ministério Público do Trabalho e do Fórum de Proteção ao Meio Ambiente de Trabalho, promove evento, a partir das 9 horas do dia 28 de abril, no auditório da Federação das Indústrias do RN (FIERN), localizado na Avenida Salgado Filho, 2860, no bairro de Lagoa Nova, abordando assuntos específicos sobre o tema.

Os temas abordados durante o evento são a "Atuação do Ministério Público do Trabalho (MPT) e do Ministério Público Estadual (MPE) em defesa do meio ambiente de trabalho saudável e da saúde do trabalhador", o "Ministério do Trabalho na Prevenção dos Acidentes do Trabalho no Estado do RN e o combate ao trabalho escravo pelo grupo móvel nacional", "As ações regressivas do INSS - prevenção ao acidente do trabalho", e o "Papel do controle social nas políticas públicas de saúde do trabalhador" (CENTRAIS/CIST/FEPMAT).

No evento será apresentado, pelo Cerest Estadual, o "Relatório epidemiológico dos agravos relacionados ao trabalho notificados no Sinan (Sistema de Informação de Agravos de Notificação) em 2007 e 2008", além de contar com a participação do Samu Metropolitano do Estado para falar sobre a "Morbi-mortalidade dos atendimentos pré-hospitalares das urgências traumáticas".

Dados do Anuário da Previdência Social, indicam que em 2007 foram computados 14.224 acidentes de trabalho, tendo no mesmo período 80 óbitos e 243 pessoas com incapacidade permanente.

Em todo o mundo, anualmente, cerca de 2 milhões de trabalhadores perdem suas vidas no trabalho. São 5 mil mortes por sai, três vidas perdidas a cada minuto, aproximadamente o dobro das baixas ocasionadas pela Aids. 12 mil das vítimas são crianças.

Cerca de 270 milhões de acidentes de trabalho acontecem todos os anos e as doenças relacionadas ao trabalho afetam cerca de 160 milhões de pessoas.

O evento em Memória às Vítimas de Doenças e Acidentes de Trabalho, de entrada gratuita, contará com a presença da Procuradora-Chefe do Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte, Ileana Neiva, e das seguintes entidades: Fórum Estadual de Proteção ao Meio Ambiente do Trabalho (FEPMAT-RN), Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST Estadual e Regional de Natal), Ministério Público Estadual (MPE), Superintendência Regional do Trabalho (SRTE-RN), Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Central Única dos Trabalhadores (CUT), Federação das Indústria do RN (FIERN), representantes de sindicatos de trabalhadores e de empregadores , entre os quis o Sindcostureiras/RN.

Você sabia?
Os acidentes de trânsito no trajeto de casa para o trabalho e do trabalho para casa são considerados pela lei como acidentes do trabalho.

 

PROGRAMAÇÃO
8:00h – Abertura/Apresentação Cultural
 9:00h – REC/ A PRÁTICA DO CONTROLE SOCIAL E DA EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE DO TRABALHADOR - UMA VISÃO SÓCIO-POLÍTICA DOS DIREITOS SOCIAIS
PALESTRANTE: Graça Hoefel – UNB
Coordenador: Fátima Câmara

10:30h – Intervalo
10:45h - As ações da RECST/RN e o papel da SESAP a partir da devolutiva da 3ª Conferência em Saúde do Trabalhador.
Sidneide Ferreira – CEREST
Ana Maria Teixeira – RECST/RN
Coordenador: Clara de Assis
11:30 h – Debate
12:00h – Almoço
14:00h – Sistematização das Propostas e Definição do Plano de Ação da RECST.
Geolipia Jacinto
Coordenador: Vera Lúcia Xavier Pinto
16:15 h – INTERVALO
16:30h – Eleição da Comissão Executiva Estadual e Representante na Comissão Nacional.
18:00h -  Encerramento



SERVIÇO
O que: Evento em Memória das Vítimas de Doenças e Acidentes de Trabalho
Quando: 28/04/09, de 9 às 12 horas e de 14:30 às 17:30 horas
Onde: no auditório da Federação das Indústrias do RN (FIERN) - Avenida Salgado Filho, 2860, bairro de Lagoa Nova
Realização: CEREST-RN (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador)
Apoio: Ministério Público do Trabalho (MPT-RN)