CUT promove paralisações pela redução da jornada de trabalho
19 de maio de 2010 | Autor: Valor Econômico
Fonte: Valor Econômico

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) promove hoje mobilizações e paralisações para pressionar pela aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 231/95 que prevê a redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais, sem redução de salários.

"Vamos todos sair às ruas para mostrar aos parlamentares que estamos mobilizados pela redução da jornada e que não aceitaremos outra resolução que não seja a inclusão imediata do projeto na pauta de votação", disse o presidente da CUT, Artur Henrique.

De acordo com pesquisa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), a redução da jornada de trabalho pode gerar dois milhões de empregos.

No entanto, entidades como a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e a Confederação Nacional da Indústria (CNI) argumentam que não há experiências em outros países que comprovem que a medida foi eficiente para geração de postos de trabalho.