Negociação do ACT específico continua na próxima quarta-feira (07/07)
01 de julho de 2010 | Autor: Intersindical/NE
Fonte: Intersindical/NE

A Intersindical/NE reuniu-se com a direção da Chesf, em Recife, na última quarta, 30, para a primeira rodada de negociação sobre a pauta específica dos chesfianos. Na oportunidade, o Sinergia foi representado pelos dirigentes Raimundo Lucena, Rafael Oliveira e Luiz Sandes.  A empresa apresentou respostas de todas as cláusulas da pauta dos trabalhadores e reajustou pelo IPCA (5,26%) os itens de benefícios contidos em normas internas.

 

Após debates sobre as cláusulas, os dirigentes sindicais se posicionaram de maneira firme na defesa dos seguintes itens: pagamento do retroativo dos cinco anos da diferença da gratificação de férias; plano de sucessão e retenção do conhecimento; suplementação da FACHESF; despesas com viagens a serviço; auxílio educacional para o empregado; auxílio óculos e lentes; Plano de Assistência Patronal (PAP); adicional para escaladores; PLR; cessão das instalações do clube CHESF Recife para FRUNE; manutenção e instalação de ambulatórios médico e odontológico; dirigentes sindicais; licença adoção; pessoas com necessidades especiais; função acessória.

 

Além dessas cláusulas, A Intersindical solicitou esclarecimentos sobre a questão dos impostos cobrados para os reembolsos dos benefícios, tendo a direção da empresa afirmado que está cumprindo a legislação vigente.

 

Sobre o PCR, os dirigentes exigiram uma resposta sobre a proposta alternativa de melhoramento do Plano. A Chesf afirmou que o PCR será discutido 15 dias após o fechamento do ACT 2010/2011, conforme acertado no ACT nacional.

 

Segundo Raimundo Lucena, o objetivo da Intersindical é arrancar uma proposta decente para os trabalhadores. "Foi uma reunião boa, onde colocamos os nossos números e a Chesf os dela. Agora é preciso tencionar a empresa para as respostas serem a contento. E só a nossa mobilização é capaz de fazer isso"

 

A negociação continuará na próxima quarta-feira (07/07). A Intersindical/NE espera que na próxima rodada de negociação, a direção da CHESF apresente uma proposta que viabilize o fechamento do ACT específico e atenda os anseios da categoria. Os Sindicatos agendarão assembleias após a conclusão do processo negocial.

 

Vamos à luta, companheiros!