Eletricitários podem entrar em greve na Eletropaulo
23 de setembro de 2010 | Autor: Coletivo Copel
Fonte: Coletivo Copel

O Sindicato dos Eletricitários de São Paulo (Stieesp) está realizando várias assembleias para deliberação sobre a proposta do acordo coletivo com a AES Eletropaulo, o qual o Sindicato não concorda, podendo decretar greve de 24 horas, a partir da zero hora no dia 24 de setembro, junto com a decretação de assembleia em caráter permanente.

A AES Eletropaulo tem o pior acordo entre as empresas do setor elétrico e, caso não avance nos itens gratificação de férias, incentivo a aposentadoria e extensão da licença maternidade, o Stieesp também poderá fazer greve nos dias que antecedem e no dia da eleição, 3 de outubro. A Eletropaulo registrou lucro de R$ 465 milhões no segundo trimestre deste ano, mais de 200% comparado ao um ano antes.

O Sindicato já realizou 25 assembleias e, até agora, foram 2.121 participantes, dos quais 1.976 trabalhadores votaram a favor do encaminhamento proposto pelo Sindicato e apenas 59 contra. Em 17 assembleias, os trabalhadores rejeitam a proposta da AES Eletropaulo por unanimidade.