Governo distribuirá 200 milhões de cartões do SUS
09 de maio de 2011 | Autor: Convergência Digital
Fonte: Convergência Digital

O Ministério da Saúde pretende dar início no segundo semestre, ao programa de implantação do Cartão Nacional de Saúde, que fará parte de uma base nacional de dados compreendida ainda por um Cadastro Nacional de Usuários do SUS (Sistema Único de Saúde) e o Portal de Saúde do Cidadão.

Para tanto, dentro de 60 dias o ministério deverá lançar um edital para realização de uma licitação que visa acompra de 200 milhões de cartões que serão distribuídos à população. A meta é chegar a 2014 com o sistema implantado em todos os municípios brasileiros possibilitando a identificação dos usuários do SUS. O cartão servirá de base para que o próprio cidadão acompanhe seu histórico de consultas médicas, verificar a participação em campanhas de vacinação, se fez exames ou cirurgias.

"Onde o cidadão estiver, as informações estarão à disposição dele", explicou o secretário de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde, Odorico Monteiro. "Todos os brasileiros terão o cartão, mesmo aqueles que possuem plano de saúde”, acrescentou.

Com o formato de um cartão de crédito, o novo Cartão Nacional de Saúde trará uma etiqueta com dados pessoais do usuário e o número fornecido pelo Ministério da Saúde. As secretarias estaduais e municipais de Saúde que já têm algum tipo de sistema integrado de registro de dados de saúde terão o prazo de um ano para emitir e distribuir os cartões.

O Portal de Saúde do Cidadão, em uma área restrita ao usuário, permitirá acesso aos dados cadastrais, atendimentos por meio do SUS e informações sobre a rede pública de serviços de saúde. O portal terá também uma área de acesso público, com informações em saúde, campanhas e notícias sobre o SUS. As pessoas que não tiverem o Cartão Nacional de Saúde não serão impedidas de receber atendimento em qualquer estabelecimento público de saúde.

* Com informações da Agência Brasil e Ministério da Saúde.