1ª RODADA DE NEGOCIACÃO: DIREÇÃO DA ELETROBRAS NÃO APRESENTOU NADA DE NOVO
27 de abril de 2011 | Autor: FNU
Fonte: FNU

Foi realizada na terça-feira, dia 26 de abril, em Brasília, a primeira Rodada de Negociação Nacional, entre o Coletivo Nacional dos Eletricitários e a direção do Sistema Eletrobras para debater a Pauta de Reivindicação dos trabalhadores. Esse primeiro contato serviu na verdade para uma discussão preliminar da pauta, pois os debates se concentraram na PLR, mais especificamente em uma data para o seu pagamento, no Conselho de Administração, no que se refere à importância de se definir as regras para eleição dos trabalhadores para o referido conselho e da agenda de negociação do ACT.

A direção da Holding neste primeiro encontro usou a sua conhecida estratégia de não apresentar nada de novo, se limitando a dizer que ainda estuda as reivindicações dos trabalhadores. Mesmo no que tange a PLR, se limitou a informar que depende do resultado do balanço financeiro da Eletrobras, que está atrasado, não por culpa dos trabalhadores, mas sim desta gestão, para dar uma data para o seu pagamento.

O CNE voltou a cobrar uma posição sobre o pagamento da PLR, lembrando que a mesma sempre foi paga nos primeiros dias de maio, pois é uma conquista dos trabalhadores ao longo de anos de luta. Diante da cobrança os representantes da Eletrobras se comprometeram a dar uma posição no dia 03/05.

Com relação ao conselho de administração, uma conquista histórica dos sindicatos cutistas e da FNU, ficou acertado que as regras para eleição serão feitas com a contribuição dos sindicatos e seguirá um calendário único, obedecendo fielmente o que determina a Lei no que diz respeito às regras.

Na mesa de negociação não tivemos dúvidas em afirmar que esta campanha deverá seguir a conjuntura favorável dos últimos anos, com a manutenção do ganho real nos salários. Tendo como parâmetro conquistas de diversas categorias em 2010, como a dos bancários que tiveram reajuste de 7,5%, com aumento real de 3,08%. Os metalúrgicos do ABC em10,8% com ganho real de 6,26%. Os petroleiros, que além da reposição da inflação tiveram entre 2,5% e 3,6%. Queremos manter o patamar de conquistas que marcou o governo Lula. Pois, foi com essa política de valorização dos salários e das empresas públicas que o Brasil superou a crise econômica mundial e se coloca hoje como uma das maiores economias do mundo.

Na próxima rodada de negociação (veja abaixo o calendário) queremos discutir ponto a ponto da nossa pauta, sem qualquer tipo de desculpa. Qualquer tipo de postergação será repelida, não somente na mesa de negociação, como também nas empresas com a nossa mobilização.

Também foi negociado a prorrogação do ACT atual 2010/2011foi até 30 de junho de 2011

CALENDÁRIO DE NEGOCIAÇÃO

2ª RODADA -12/05- RIO DE JANEIRO

3ª RODADA- 26/05- BRASÍLIA

4ª RODADA - 09/06- BRASÍLIA