Fim de concessões pode acabar com tarifa elétrica
27 de julho de 2011 | Autor: Brasil Econômico
Fonte: Brasil Econômico



               O governo pela primeira vez qualifica o processo pelo qual reduzirá o preço da energia elétrica como parte da solução do impasse em torno do fim do período de concessão das companhias estatais de energia, que vencem a partir de 2015. Embora evite entrar em detalhes sobre o assunto, o secretário-executivo de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, diz que o caminho deverá ser feito por meio da redução da cobrança da tarifa do sistema de transmissão (Tust). O valor anual da Tust para o biênio 2011-2012 é de R$ 12 bilhões, montante que é dividido em partes iguais entre as geradoras e o consumidor final. Com a redução dessa tarifa, o governo federal oneraria as companhias elétricas em R$ 6 bilhões ao ano, no mínimo. O coordenador geral do GESEL/UFRJ, Nivalde de Castro, diz que a redução da Tust seria um outro mecanismo de aplicação do deságio do governo sobre a energia das geradoras. O ônus seria resultado de uma conta dos ativos amortizados ao longo do tempo - esse valor, no entanto, é uma incógnita que será resolvida pela Aneel atrelada a uma decisão política. (Brasil Econômico – 27.07.2011)