ACT 2011 MOSTROU A UNIDADE E A CAPACIDADE DE MOBILIZAÇÃO DOS (AS) TRABALHADORES (AS) DO SETOR ELÉTRICO
30 de agosto de 2011 | Autor: FNU
Fonte: FNU



A Campanha Nacional dos trabalhadores (as) do Sistema Eletrobras foi uma das mais difíceis dos últimos anos, com uma duração de 4 meses. Um período muito longo em se tratando de uma discussão de ACT. Essa demora foi fruto da intransigência do Governo, que adotou neste inicio de mandato uma postura conservadora, para agradar o mercado que insistia na tese de redução de gastos públicos como fórmula para conter a ameaça da crise econômica mundial e o aumento da inflação.

Diante desse desafio os (as) trabalhadores (as) jamais se acovardaram e foram à luta, conquistando um acordo que se não foi o ideal foi o possível dentro de uma conjuntura política adversa, mas que no seu bojo trouxe avanços. Nessa campanha apresentamos nossos argumentos nas mesas de negociação e nas esferas de poder de que no Governo Lula, se fez justamente ao contrário, mais investimentos no fortalecimento do mercado interno, ganho real nos salários e crescimento econômico para enfrentar essa mesma crise.

O CNE, os sindicatos e a categoria se mobilizaram em vários momentos realizando paralisações fortes, de até 72 horas. Esse instrumento de luta foi fundamental até mesmo para retomar as negociações que ficaram paralisadas por atitude unilateral do Sistema Eletrobras, que se recusava a discutir em bases justas o ACT.

Esses momentos de grande tensão mostraram que hoje vivemos um momento político controverso, onde o movimento sindical não possui mais a interlocução e o diálogo aberto com o Governo e até mesmo com a direção das empresas. Por isso, foi fundamental aprofundarmos as nossas luta em todo país, caso contrário não haveria os avanços conquistados.

Devemos tirar os ensinamentos necessários dessa campanha difícil, acompanhando até mesmo o desenrolar de outras importantes categorias nesse segundo semestre, para poder nos subsidiar em 2012. Os (as) trabalhadores (as) estão de parabéns pela unidade demonstrada em todos os momentos. Temos a certeza de que fomos até o limite da negociação e a categoria entendeu a nossa luta, se unindo em grandes mobilizações. Agora é nos preparamos ainda mais para 2012, pois a luta continua!

Temos ainda nesse ano de 2011, os desafios da Luta contra as PRIVATIZAÇÕES e pela RENOVAÇÃO DAS CONCESSÕES. A maioria dos trabalhadores entendeu que as criticas e as divergências são normais, mas que deve prevalecer acima de tudo o respeito ao ser humano.

Quadro final da deliberação da Contraproposta da Eletrobras

CHESF:APROVOU
ELETROBRAS DISTRIBUIÇÃO ACRE- APROVOU
ELETROBRAS DISTRIBUIÇÃO ALAGOAS- APROVOU
ELETROBRAS DISTRIBUIÇÃO PIAUÍ - APROVOU
ELETROBRAS DISTRIBUIÇÃO RONDÔNIA- APROVOU
ELETROBRAS DISTRIBUIÇÃO RORAIMA- REPROVOU
ELETROBRAS AMAZONAS ENERGIA- APROVOU
______________________________________________________________________________
ELETRONORTE: APROVOU
ELETROSUL – APROVOU
FURNAS:APROVOU
CGTEE -Aprovou
_____________________________________________________________________________
CEPEL - APROVOU
ELETROBRAS SEDE- Rio de Janeiro – APROVOU
ELETRONUCLEAR- APROVOU