Com proposta insuficiente, bancários se preparam para greve
21 de setembro de 2011 | Autor: Agência Sindical
Fonte: Agência Sindical

A proposta de reajuste salarial de 7,8% apresentada pela federação patronal aos bancários, na terça-feira (20), ficou muito abaixo do esperado pelos trabalhadores. O índice representa apenas 0,37% de aumento real. Além disso, a proposta não atende o pleito de valorização do Piso da categoria, mais contratações, fim das metas abusivas e melhorias na segurança nos estabelecimentos bancários.

“Proposta insuficiente, ruim e não atende nem de longe as nossas expectativas”, critica Carlos Cordeiro, presidente da Contraf-CUT. “A PLR não acompanha o crescimento dos lucros do setor. A questão do emprego também não foi atendida. Nada sobre mais contratações ou de resolver o problema da rotatividade", acrescenta Luiz César de Freitas, presidente FETEC-CUT/SP e membro do Comando Nacional.

Mobilização - Os Sindicatos devem realizar assembleias na próxima quinta (22), para discutir a proposta e os rumos da campanha. O Comando Nacional orienta a rejeição e greve a partir do dia 27. Uma nova rodada de negociação foi marcada para sexta-feira (23), às 14 horas, em São Paulo.

Mais informações:
www.contrafcut.org.br