Operários dos estádios da Copa podem fazer greve geral
09 de fevereiro de 2012 | Autor: Conticom
Fonte: Conticom



Os canteiros de obras dos 12 estádios da Copa do Mundo de 2014 poderão enfrentar greve geral no mês de março, em prol da unificação no Piso salarial e benefícios. As Centrais Sindicais estão negociando com governo e empreiteiras, para que não haja disparidade tão grande entre os salários pagos em diferentes regiões do País.

“Os trabalhadores fazem as mesmas coisas em diferentes Estados. Por que o salário de um trabalhador do Sudeste é tão diferente do Nordeste?", questiona o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e da Madeira (Conticom/CUT), Claudio da Silva Gomes.

Pauta - As entidades defendem um Piso nacional unificado de R$ 1,1 mil para ajudante de obras, que hoje ganha cerca de R$ 600,00 na região Nordeste; e de R$ 1.580,00 para carpinteiros e pedreiros, cuja média atual é R$ 1,2 mil. Além de cesta básica de R$ 350,00 e planos de saúde estendidos aos familiares.

Mais informações:
www.conticom.org.br