Trabalhismo histórico ganha força com Brizola Neto na Pasta do Trabalho
04 de maio de 2012 | Autor: Agência Sindical
Fonte: Agência Sindical

Uma Dilma Rousseff com brilho nos olhos e calor nas palavras empossou quinta (3) o deputado federal Brizola Neto (PDT-RJ) ministro do Trabalho e Emprego, em cerimônia no Palácio do Planalto, com a presença das Centrais Sindicais, senadores, deputados e outras autoridades. “Não bastasse levar o sobrenome Brizola, o novo ministro carrega a história do seu tio-avô João Goulart, ex-presidente da República. Seja muito bem-vindo ao meu governo, Brizola Neto”, disse Dilma.

Foi um evento com forte marca do trabalhismo histórico e referências elogiosas a Getúlio Vargas, João Goulart e Leonel Brizola. Ocorriam fortes aplausos toda vez que o nome de Brizola era mencionado por Dilma ou outras autoridades.

Brizola Neto valorizou a trajetória de líderes, como Getúlio Vargas e Jango, ressaltando que o Ministério do Trabalho precisa ser ágil para estar à altura do País. “É preciso que seja ágil, transparente, inovador e parte da implementação de políticas sociais que nos conduzam a novos caminhos”, destacou.

Biografia - Brizola Neto, que é filiado ao PDT desde 1997, teve como primeiro cargo eletivo a vereança, no Rio de Janeiro, em 2005. Foi eleito para a Câmara dos Deputados em 2007. Em 2011, licenciou-se do cargo para ocupar a Secretaria de Trabalho e Renda do Rio de Janeiro.