Mexicanos denunciam impactos da regulamentação da terceirização
24 de setembro de 2013 | Autor: Repórter Brasil
Fonte: Repórter Brasil

Organizações da sociedade civil e Sindicatos apontam que a reforma trabalhista aprovada no México, em 2012, levou à precarização das condições de trabalho para os terceirizados. A lei mexicana incluiu a regulamentação da terceirização e alterações nos mecanismos de responsabilidade solidária em casos de subcontratações.

Segundo dados oficiais, a alardeada diminuição das taxas de desemprego não ocorreu e a qualidade das vagas existentes piorou. Desde a aprovação da reforma, as taxas de desemprego no país também são mais altas. (Fonte: reporterbrasil.org.br)