Pela redução da jornada
25 de janeiro de 2010 | Autor: SINERGIA/BA com informações da CUT



A CUT e as cinco demais centrais sindicais vão realizar uma vigília no interior do Congresso Nacional, no próximo dia 2 de fevereiro, para exigir que os parlamentares coloquem rapidamente em votação o projeto que reduz a jornada semanal de trabalho para 40 horas e que remunera as hortas extras em 75% a mais que a hora normal.

 

A atividade foi aprovada em reunião com dirigentes das seis centrais sindicais, realizada nesta quinta, dia 21, em São Paulo. O dia 2 de fevereiro foi escolhido por representar a volta das atividades no Congresso Nacional.

 

"É preciso o envolvimento das direções de nossos sindicatos, é necessária a presença desses dirigentes", conclama o presidente da CUT, Artur Henrique. "Cada ramo deve se envolver nessa ação política, para que o projeto finalmente avance", diz Quintino Severo, secretário-geral da CUT.