Indicadores Industriais confirmam retomada do crescimento econômico
25 de janeiro de 2010 | Autor: CNI

   
O desempenho da indústria brasileira em novembro de 2009  confirmou a retomada do crescimento econômico. O faturamento do setor cresceu 1,3% em relação a outubro na série com ajuste sazonal. Foi o sétimo mês consecutivo  de  expansão  do indicador. Na comparação com novembro de 2008,  o  faturamento  teve  alta  de  8,4%, informa a pesquisa Indicadores Industriais, divulgada nesta quinta-feira, 21 de janeiro, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em Brasília.

 

A expansão da atividade industrial aumentou a oferta de vagas no mercado de trabalho.  O  emprego  cresceu  0,8% em novembro na comparação com outubro, também  na  série  dessazonalizada, a maior taxa de expansão desde março de 2004.  Mesmo  assim,  o  nível  de emprego permanece inferior ao patamar do período  pré-crise.  Em  relação  a novembro de 2008, o indicador registrou queda de 2,7%.

 

De acordo  com  a  pesquisa  da  CNI,  as  horas  trabalhadas  na produção aumentaram  2,6% em comparação com outubro, com ajuste sazonal. Foi a maior alta  desde  junho  de  2008.  Com  o bom resultado de novembro, a queda na comparação  frente  ao  mesmo  mês  do ano anterior perdeu ritmo e ficou em 3,6%.

 

O  nível  de  utilização da capacidade instalada ficou 81,4% em novembro de
2009  na  série  com ajuste sazonal, com expansão de 0,3% na comparação com outubro.  O  patamar  de  novembro  foi  o mais alto desde outubro de 2008, quando o indicador ficou em 82,4%. Foi também o quinto mês seguido em que a utilização  da  capacidade  instalada  aumentou  na  comparação  com  o mês anterior.