Resolução retira as distribuidoras do PND
28 de janeiro de 2010 | Autor: SINERGIA/BA com informações da FNU
Fonte: SINERGIA/BA com informações da FNU



Durante os oito anos de Governo neoliberal do PSDB as distribuidoras federais de energia foram tratadas e colocadas como investimento temporário visando a sua privatização através do PND - Plano Nacional de Desestatização. Felizmente esse processo de entrega do patrimônio público foi interrompido em 2002 ,com a eleição do Presidente Lula, que ao longo destes anos assumiu o compromisso com os trabalhadores, os sindicatos e a FNU no sentido de fortalecer novamente estas empresas estratégicas para o país.

 

Durante estes anos a FNU e seus sindicatos buscaram todas as formas de luta para retirar as distribuidoras do PND, seja realizando seminários, audiência pública no Senado, atos, articulações políticas e até mesmo panfletagens no Congresso, tudo com o intuito de alcançar a vitória que hoje se anuncia com a publicação da Resolução N.º 1, de 21 de janeiro de 2010, que propõe ao Excelentíssimo Senhor Presidente da República a edição de Decreto que autorize a exclusão das concessionárias federalizadas de distribuição de energia do Programa Nacional de Desestatização. Leia a resolução do Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

 

Temos a absoluta convicção que a assinatura desse decreto significará um novo momento para as distribuidoras, que ficarão livres de vez das amarras impostas por fazerem parte do PND. As conseqüências destas mudanças se darão através de novos investimentos nos estados, com ganhos sociais para a população e o desenvolvimento econômico regional, além de contribuir para o fortalecimento do setor elétrico nacional como um todo, como já vem acontecendo, sem falar no impedimento de privatização no futuro.

 

Com informações da FNU