Sindicatos pressionam CHESF por questões cruciais!!!
04 de fevereiro de 2010 | Autor: SINERGIA/BA com Informações da Intersidical Nordeste
Fonte: SINERGIA/BA com Informações da Intersidical Nordeste

A Intersindical/NE cobrou da CHESF, em reunião na última quarta-feira (3), vários itens de interesse dos trabalhadores chesfianos. Os sindicatos cobraram questões relativas ao ACT 2009 (como o benefício mínimo de suplementação da Fachesf e o abono pecuniário de férias - indenização correta dos 10 dias de férias vendidos).

 

Na reunião, a Intersindical/NE também discutiu itens relacionados a temas da pauta nacional como o plano de saúde que beneficia os aposentados, que vem sendo discutido há algum tempo com a Eletrobrás e agora passa a ser também de responsabilidade da CHESF.

 

Outro importante item discutido foi o PCR que, de acordo com a CHESF, unificará os salários em nível nacional e beneficiará os chesfianos com uma média de 8,16% na folha. Ainda segundo a empresa, o plano significará uma melhoria salarial em torno de 66% do pessoal da CHESF. Porém os Sindicatos questionaram as mudanças feitas pelo DEST.

 

Confira, abaixo, o resultado de cada item.

 

Abono pecuniário de férias

 

Sobre os dez dias de férias vendidos, a Intersindical/NE cobrou o pagamento do retroativo dos últimos cinco anos - tempo referente a outubro de 2009, mesmo mês em que a empresa efetuou a correção do pagamento das férias.

 

Os sindicatos propuseram um acordo administrativo para o pagamento do retroativo dos cinco anos (com referência a outubro/2009). A direção da empresa reconheceu a pendência e afirmou que solicitará suplemento ao orçamento de 2010. Os sindicatos esperam que esse assunto possa ser discutido na próxima reunião trimestral.

 

PCR

 

A direção da CHESF comprometeu-se a apresentar o Plano de Carreira e Remuneração aos sindicatos na próxima terça-feira (9) e para toda a empresa do dia 10/02 até 03/03.

 

Na próxima reunião com a Eletrobrás (ver data na agenda), os sindicatos cobrarão a inclusão das empresas de distribuição de energia no PCR, aumento de verba por antiguidade e a não aceitação das imposições do DEST ao PCR.

 

Benefício Mínimo de Suplementação da Fachesf

 

O estudo elaborado pela Fachesf encontra-se com a CHESF para análise. Esse estudo representa mais de 15 anos de luta da Intersindical/NE. Nossa reivindicação é de um salário mínimo e está prevista no ACT.

 

O Diretor de Administração da empresa afirmou que é necessário aporte de recurso para implementação deste item, que será tratado como unificação de benefícios pela Eletrobrás para as demais empresas.

 

A direção da empresa comprometeu-se a reunir-se com a direção da Fachesf e da Eletrobrás, visando atender o pleito dos sindicatos.

 

Plano de Saúde que beneficia os aposentados

 

O estudo elaborado pelo grupo de trabalho, coordenado pelo Mauro Massa, está sendo revisto visando implantação do plano de saúde que beneficia os aposentados em todas as empresas do Grupo Eletrobrás. Para que isso ocorra se faz necessário alteração nos estatutos das empresas.

 

A direção da CHESF sinalizou a implantação em seis meses após a aprovação das empresas do Grupo.

 

Outra reivindicação histórica da Intersindical/NE foi o custeio do plano de saúde pela CHESF. A empresa afirmou que será ampliado o custeio do plano, no futuro, com 1% do resultado da empresa ou 1% do patrimônio caso não haja resultado.

 

Fim das concessões

 

A CHESF afirmou que o fim das concessões por medida provisória não tem veracidade conforme noticiado na grande imprensa, mas disse que a comissão responsável pelo assunto no Governo entende que a melhor solução é a prorrogação das concessões das empresas do setor elétrico.

 

 

Auditoria funcional

 

Nesta terça-feira (2), em audiência no Ministério Público, a Intersindical/NE reuniu-se com a direção da CHESF para discutir a auditoria funcional. No encontro, os sindicatos pediram revisão da auditoria funcional, uma vez que os trabalhadores foram preteridos. O Procurador do Trabalho, Fábio André de Farias, solicitou uma juntada de documentos à CHESF e determinou o prazo de 30 dias para empresa apresentar a documentação.

 

Agenda

 

Dia 09/02 - CHESF apresentará PCR à Intersindical/NE

Dia 10/02 - CHESF iniciará apresentação do PCR para toda a empresa

Dia 03/03 - Reunião CNE com Eletrobrás

 

 

Com informação da Intersindical Nordeste