BB registra lucro de R$10,15 bilhões em 2009
25 de fevereiro de 2010 | Autor: Zero Hora
Fonte: Zero Hora

O Banco do Brasil registrou no ano passado o maior lucro da história do setor (R$ 10,148 bilhões), com alta de 15,3% na comparação com 2008. O Itaú Unibanco detinha a maior marca até então, com R$ 10,067 bilhões em 2009, considerando os bancos de capital aberto brasileiros.

A  forte  expansão  do  crédito  impulsionou  as  receitas financeiras, que totalizaram R$ 65,3 bilhões no ano, 11,9% superior a 2008. Desse total, as receitas provenientes das operações de crédito somaram R$ 41,7 bilhões, uma expansão de 21% em relação ao ano de 2008, quando foi registrado um faturamento de R$ 34,5 bilhões.

Com  a  aquisição  do  Banco  Nossa Caixa (BNC) e da participação de 50% no Banco Votorantim (BV), os ativos do Banco do Brasil finalizaram o ano em R$ 700 bilhões e acarteira de crédito superou R$ 300 bilhões. Houve uma expansão da concessão de créditos.

O crédito às pessoas físicas expandiu 88,1% em 12 meses e atingiu R$ 91,8 bilhões. Esse montante representa mais de 30% da carteira de crédito total do Banco. Entre as linhas de crédito ao consumo, o crédito consignado atingiu R$ 36,5 bilhões. A expansão de 107,2% em 12 meses nessa carteira reforça a  posição  de  liderança do BB no segmento,   com   34,4%   de  participação  no  mercado  de  consignado.  O financiamento  a  veículos  cresceu  209,8%  em  12 meses e atingiu R$ 20,7 bilhões.

Também merece destaque o crescimento de clientes cadastrados para utilizar novas tecnologias. Ao  final  de  2009  o BB contava com 9,3 milhões de clientes habilitados a usar  o Banco pela Internet e pelo telefone celular, responsáveis por 34,8% do  total  das  transações  realizadas.  O número de usuários habilitados a utilizar o serviço de Mobile Banking registrou crescimento de 59,4% no ano. e a ofera de novos serviços, como é o ccaso das novas modalidades de débitos. Com 1,1 milhão de sacados eletrônicos e 46,8% de participação no mercado, o Banco  do  Brasil  tornou-se  líder nas adesões ao Débito Direto Autorizado (DDA),  solução  lançada no 2º semestre de 2009 para oferecer praticidade e conveniência aos clientes.