Terceirização e morte no setor elétrico
03 de junho de 2013 | Autor: Direção do SINTERN
Fonte: Direção do SINTERN

Enquanto o Governo Federal tenta baixar as tarifas de energia elétrica e faz intervenções em distribuidoras, acidentes com trabalhadores do setor elétrico ainda estão no fim da linha desse debate. E entre apagões e disputas políticas, dados da Fundação COGE informam que em 2011 foram contabilizados 79 acidentes fatais em toda força de trabalho.

De acordo o estudo elaborado pelo Dieese, de setembro de 2011, mais de 100 trabalhadores do setor elétrico, sendo 91% deles, empregados de empresas terceirizadas, morrem todos os anos em acidentes de trabalho. As empresas do setor de energia elétrica deveriam se lembrar que a vida humana não tem preço, e que a lucratividade não pode se sobrepor à falta de segurança dos trabalhadores.