Artistas rompem silêncio em vídeo contra terceirização
18 de outubro de 2013 | Autor: Direção do SINTERN
Fonte: Direção do SINTERN

 Os artistas brasileiros têm tradição de participação nas lutas populares, democráticas e cidadãs. Essa tradição, que andava meio apagada, ressurge com força, agora, nos vídeos contra o Projeto de Lei da Terceirização (PL 4.330).

As gravações foram feitas, sem cobrança de cachê, para a Anamatra (Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho), que vem adotando uma postura firme de combate ao PL de Sandro Mabel. A entidade já havia tornado pública sua posição em carta aberta. Os vídeos, agora, reforçam sua tomada de posição.

Globais - As duas peças, com cerca de 90 segundos cada, mostram falas de Camila Pitanga, Wagner Moura, Osmar Prado, Bete Mendes, Dira Paes e Priscila Camargo. Os artistas integram o Movimento Humanos Direitos (MHUD). Uma das falas alerta: “A terceirização traz benefícios apenas para empresários, que poderão cortar custos pagando salários mais baixos”.

PL - O movimento sindical trava uma luta dura na Câmara dos Deputados contra o PL 4.330. A causa, ganha força com a tomada de posição de 19 ministros do TST, da Anamatra e de partidos, como PT, PSB, PCdoB e Psol, que fecharam questão contra a matéria. Assista os vídeos no site: www.cut.org.br

 

Conheça e pressione os deputados que votarão o Projeto de Lei 4330

Sem pressão, o projeto pode ser aprovado e trazer graves prejuízos à classe trabalhadora. Para que isso não aconteça, convocamos todos os trabalhadores a enviarem e-mails pressionando os deputados a votarem contra o PL 4330. No site abaixo, você pode selecionar o parlamentar por partido ou estado, além de buscar seu nome por ordem alfabética. Sua participação é fundamental para reverter mais essa tentativa dos patrões de flexibilizar os direitos trabalhistas. Acesse: www.cut.org.br