Basta! Mais salários e benefícios ou encare a luta!
05 de dezembro de 2013 | Autor: Direção do SINTERN
Fonte: Direção do SINTERN

Como pode uma empresa do porte da COSERN, com tamanha lucratividade e grau de importância para a economia do estado renegar ou postergar as principais reivindicações de seus empregados durante a negociação do Acordo Coletivo de Trabalho 2013/2014. A Companhia tem plenas condições de oferecer melhores condições de trabalho e de salário aos trabalhadores. Mas ao invés disto massacra o que chama de “colaboradores” ao não encarar de frente os reais problemas dos cosernianos. 

EMBROMAR - Esse parece ser o verbo chave praticado pela Cosern durante as rodadas de negociação. A disposição de luta da bancada dos trabalhadores tem marcado todas as rodadas de negociação, pois existe um sentimento de revolta por parte de toda a categoria com o descaso nas negociações do Acordo Coletivo de Trabalho. No dia 3 de dezembro de 2013, após 11 horas tentando negociar uma proposta digna e condizente com o esforço e dedicação do trabalhador coserniano, a empresa mais uma vez o trata com descaso e desprezo ao encerrar a rodada sem que nenhuma cláusula receba uma proposta satisfatória e esperada pela categoria.

É preciso lembrar que já ocorreram 8 rodadas de negociação, e o máximo que a Superintendência da Cosern apresentou foi uma proposta rebaixada, que traz retrocessos e que não condiz com a importância dos eletricitários para todo o estado e por que não dizer para todo o país.

A empresa parece não entender que os trabalhadores continuam fortemente mobilizados em todas as 3 empresas do Grupo Neoenergia com o intuito de preservar os seus direitos e suas conquistas.

Nesta segunda-feira, dia 09, será realizada reunião com a COSERN. Os trabalhadores exigem propostas dignas para todas as reivindicações da categoria.

É bom que se diga que os eletricitários estão firmes na luta, participando ativamente das mobilizações e estão dispostos a contribuírem ainda mais. A categoria não irá aceitar que se retirem direitos e conquistas dos trabalhadores. 

Os trabalhadores têm recebido inclusive o apoio de importantes parlamentares nessa luta por um ACT justo, como por exemplo, da Deputada Federal Fatima Bezerra (PT-RN) que tem o compromisso de defender a valorização da categoria.

Portanto, companheiros, venham à luta, pois o momento é de aumentar a pressão e conquistar um ACT que dignifique toda a categoria.

Vamos à luta companheiros(as)!!!!

 

  Quadro de negociação em 03.12.2013
Image Hosted by ImageShack.us