Refleções de um ano de lutas e de conquistas
23 de dezembro de 2014 | Autor: Direção do SINTERN
Fonte: Direção do SINTERN

Prezados companheiros e companheiras de luta,

 

Chegamos a mais um final de ano. Época de festas, reencontrar amigos, presentear as pessoas que amamos e fazer nossas reflexões sobre os caminhos que percorremos e que ainda estamos para trilhar nesta longa jornada de nossas vidas. Então nada melhor do que relembrar alguns fatos marcantes deste ano para valorizar os resultados de nossa luta e apontar os desafios para 2015.

Os cosernianos reconhecem os reflexos positivos da luta desencadeada pelo SINTERN no ano de 2013 pela ampliação de seus direitos e conquistas. O Acordo Coletivo de Trabalho – ACT 2013/2015 assegurou os avanços dos benefícios da categoria para este ano. Hoje os resultados da negociação mostram que a escolha foi acertada, pois a conjuntura atual é desfavorável aos trabalhadores.

Foi um ano em que a categoria através do voto elegeu com 95,34% dos votos válidos a nova diretoria do SINTERN. Houve também eleição para escolha dos representantes dos trabalhadores no Conselho de Administração da COSERN. Foram ainda eleitos os membros dos Conselhos Deliberativo e Fiscal e do Diretor de Seguridade e Administração da Fasern. Indicamos de forma democrática e transparente os trabalhadores dignos para representar a categoria nestes importantes fóruns de debates e representação dos trabalhadores.

A articulação sindical através da Intersindical Neoenergia foi intensa. No decorrer do ano assumimos a coordenação do grupo. Reuniões no Rio de Janeiro/RJ, Recife/PE e em Natal/RN mostraram que a luta unificada é fortalecida na resolução dos problemas da categoria como foi no embate pela PLR 2013, avaliação conjunta dos resultados da campanha unificada. A organização sindical, a discussão de estratégias e perspectivas de enfrentamento, representaram alguns dos avanços alcançados.

O empenho do SINTERN para melhorar a PLR coserniana foi vitorioso, pois o novo modelo de apuração dos objetivos é bem melhor do que o anteriormente praticado. Mostramos que o Sindicato é de luta em defesa dos trabalhadores e trabalhadoras cuja dedicação é reconhecida pela maioria esmagadora da categoria.

Ainda obtivemos importantes e decisivas vitórias jurídicas nos Dissídios Coletivos e em outras ações judiciais estamos lutando politicamente para assegurar o direito dos trabalhadores no combate a terceirização.

O SINTERN também participou de discussões e combateu a terceirização. A mobilização da classe trabalhadora  barrou o Projeto de Lei 4330/2004 que permite terceirizar sem limites e ataca direitos trabalhistas. Agora, a luta unificada parte para o Supremo Tribunal Federal (STF) para defender o respeito à legislação e aos direitos trabalhistas.

Combatemos a precarização das condições de trabalho na COSERN com APP/COI, a falta de uniformidade no tratamento entre os trabalhadores, calendário laboral, entre outras ações de luta. A punição para a Empresa não tardou e veio mais uma vez em forma de multa. O Tribunal Superior do Trabalho (TST) condenou a Companhia por dano moral coletivo e determinou pagamento de uma multa de R$ 100 mil. A reclamação trabalhista foi interposta pelo Procurador do Trabalho Xisto Tiago, após denúncia do SINTERN ao Ministério Público do Trabalho da 21ª Região, por fatos quem vêm ocorrendo há oito anos.

Foi um ano de intenso trabalho, mas também tivemos momentos de confraternização. Realizamos a festa do Dia do Trabalhador e do Dia do Eletricitário. As festividades reuniram os trabalhadores ativos e aposentados da COSERN e das empreiteiras em momentos de alegria e comemorações.

Foram muitas frentes de luta. Todas abertas depois de mobilização e determinação pelos trabalhadores. Trata-se de um trabalho continuado cujos resultados são colhidos com a persistência, vigilância e união de nossa categoria.

Neste momento oportuno quero me dirigir a cada eletricitário e suas famílias para desejar um Natal repleto de paz, felicidade e que possa refletir a prosperidade trabalho em cada lar. Que venha 2015! Ano que teremos novos desafios, mas com espirito de luta renovados, seremos novamente vitoriosos.

 

José Fernandes de Souza

Presidente do SINTERN