SINTERN, FASERN e COSERN renovam contratos de plano de saúde com a Unimed
30 de março de 2015 | Autor: Direção do SINTERN
Fonte: Direção do SINTERN

A representação do SINTERN, FASERN e COSERN renovaram no mês de março o plano de saúde com a Unimed. Ao todo foram negociados nove contratos envolvendo empregados, assistidos, agregados e ex-empregados com os seus respectivos dependentes. Este foi o resultado final de um amplo processo de negociação que garantiu conquistas para a categoria. Todo o possível foi feito para manter a qualidade na assistência médico, laboratorial e hospitalar a um custo acessível aos trabalhadores.

As condições dos Planos de Saúde avançaram em conquistas para os usuários.

  • O reajuste negociado foi de 5,5% para as mensalidades dos empregados, assistidos e ex-empregados com os seus dependentes, ou seja, 3,5% menos do que incialmente pretendido. As mensalidades reajustadas passam a ser cobradas a partir do pagamento referente ao mês de abril. Confira todos os índices de reajuste:

Contrato

Índice de reajuste

Empregados 3870

5,50%

Assistidos 3435

5,50%

Assistidos 3445

13,00%

Outros Agregados 3770

16,00%

Ex-Empregado 3438

5,50%

Agregado Ex-empregado 3439

10,00%

Agregados I 3436

7,00%

  • Não será cobrada a carência para quem deseja a mudança de acomodações de enfermaria para apartamento até 5 de abril desde que o titular solicite para a Fasern a alteração até o dia 05/04/15. A troca começa a valer em 1º de maio. Quem perder este prazo, tem até 5 de maio para optar pelo apartamento, neste caso a mudança começa a valer em 1º de junho.
  • A oportunidade de permanência dos dependentes (filhos) subiu de 26 para 30 anos sem a participação da COSERN.
  • Apesar de toda resistência não foi possível evitar o reajuste na coparticipação que ficou estabelecido em R$ 12,00 para consultas eletivas e em R$ 18,00 para consultas de urgência e emergência. Este foi o primeiro aumento na coparticipação desde que este modelo de contrato foi firmado para os trabalhadores. 

Para manter a participação dos filhos maiores de 21 até 24 anos, o usuário deverá comprovar através de vínculo com instituição de ensino superior, junto à Fasern, que este dependente é estudante universitário.

A maior conquista dos usuários é o equilíbrio nos contratos dos planos de saúde. Os beneficiários devem preservar o uso racional e correto do benefício uma vez que reflete no bolso de todos. 

Manter a consciência é um eficiente meio de manter a saúde financeira da família. Confira no site www.fasern.com.br as tabelas com os valores das mensalidades de todos os contratos.