Direção do SINTERN delibera pela não aprovação dos objetivos de 2015
01 de abril de 2015 | Autor: Direção do SINTERN
Fonte: Direção do SINTERN

A direção do SINTERN deliberou por orientar os cosernianos pela não aprovação dos objetivos de 2015 nas assembleias que serão realizadas em todo o Estado. A decisão foi tomada por unanimidade de mais de 20 dos diretores sindicais em reunião realizada no dia 30/03. O encaminhamento referenda a avaliação feita pela Intersindical após a reunião do dia 24/03 no Rio de Janeiro.

Os diretores do SINTERN não concordam com o entendimento do Grupo Neoenergia de que a aprovação pelo Conselho de Administração sacramenta os objetivos de 2015. O Sindicato entende que os objetivos sejam negociados e não impostos como quer a Neoenergia e suas empresas.

A Lei 10.101 impõe negociação entre as partes conforme prescreve o artigo 2º da mencionada Lei, o qual está transcrito no quadro na página 2. Os trabalhadores lembram saudosos que o ex-presidente da COSERN, José Roberto, jamais pressionou, em sua gestão na Empresa, os cosernianos para aprovar a PLR. Posição esta completamente diferente do atual presidente em exercício da COSERN, Dário Vale, que, com o objetivo de “mostrar serviço”, reúne os trabalhadores no auditório e nos PA’s para ludibria-los e pressioná-los para aprovar os objetivos de 2015.

O que há por trás das mudanças nos objetivos de 2015? Será que as alterações são boas para os empregados? O SINTERN entende que não! E como diz o adágio popular: "tem café no bule".

Na ânsia de pressionar os trabalhadores, a gerente de Recursos Humanos da COSERN, Eliane Nunes, foi, no mínimo, irresponsável, ao afirmar em reunião com os empregados que: "se o SINTERN aprovar até segunda-feira, dia 30/03, a COSERN pagará a PLR 2014 até quinta-feira, dia 02/04". A afirmação falta com a verdade, pois apenas no final da manhã do dia 30/03 é que foram entregues ao SINTERN as tabelas com os valores de distribuição da PLR 2014.

E tem mais! A senhora Eliane esteve na reunião do dia 24/03 no Rio de Janeiro, na presença dos representantes do SINERGIA, SINDURB/PE e SINTERN quando a diretora de Gestão de Pessoas da Neoenergia, Lady Morais, e o superintendente de gestão de Pessoas da COSERN, Francisco Veiga, foram taxativos em afirmar que só poderia efetuar o pagamento da PLR 2014 após o dia 06/04. Quem está faltando com a verdade? Os trabalhadores merecem um esclarecimento.