Cosernianos rejeitam imposição dos objetivos de 2015
14 de abril de 2015 | Autor: Direção do SINTERN
Fonte: Direção do SINTERN

Os Cosernianos em atendimento a convocação da direção do SINTERN compareceram nas assembleias realizadas de 6 a 8 de abril em todo o Estado sobre os rumos da PLR - Participação nos Lucros e Resultados de 2014 e 2015. Em uma demonstração de unidade e determinação, a categoria aprovou por unanimidade a PLR de 2014, porém rejeitou por ampla maioria as imposições da Neoenergia sobre os objetivos de 2015. 

O encaminhamento dos trabalhadores segue a orientação da diretoria do SINTERN que, em conjunto com a Intersindical, entende que os objetivos de 2015 não podem ser impostos como quer a Neonergia e suas Empresas. O resultado das assembleias foi uma resposta clara e direta da categoria contra as pressões da COSERN que vinculam o pagamento da PLR de 2014 com a aprovação dos objetivos para 2015.

A decisão dos cosernianos reflete as encaminhadas pelos trabalhadores da COELBA e CELPE. Esta ação demostra o compromisso na unidade da luta da Intersindical. Seguindo a determinação da categoria, os representantes sindicais encaminharam documento solicitando a abertura de negociações para discutir os objetivos de 2015. 

A demonstração de repúdio forçou, antes mesmo do resultado final das assembleias, a Neonergia a sinalizar o interesse em abrir o canal de negociação com os trabalhadores. A Intersindical está reunindo sua coordenação de luta para nivelar as estratégias antes da abertura das negociações. 

Tudo para que os objetivos de 2015 sejam tangíveis de serem alcançados e mais claros para a categoria.