Com a palavra...
09 de maio de 2015 | Autor: Intersindical Neoenergia
Fonte: Intersindical Neoenergia

Presidente da FNU, Arilson Wünsch

“Estar aqui neste evento salientando que é a primeira vez que participo é importante reunir dirigentes sindicais e trazer a unidade dos trabalhadores e procurar trazer todos os pensamentos para o mesmo caminho da negociação coletiva. É importante pegar os assuntos comuns tratando de forma igualitária para depois fazer os encaminhamentos necessários. Estamos vivendo um momento importantíssimo no cenário nacional e internacional por isso é importante trazer o Dieese para fazer uma análise de conjuntura. Estamos aqui para aprender e contribuir nas discussões da negociação coletiva.”

 

Diretor da FNU e SINERGIA/BA, Paulo de Tarso

“A Intersindical sai na frente na Campanha Salarial 2015/2016 e se organiza com antecedência para dar os passos necessários para uma luta vitoriosa. A organização dos trabalhadores é importante junto com toda uma mobilização dos trabalhadores em Pernambuco, Bahia e Rio Grande do Norte para fazer valer os nossos pleitos. O Grupo Neoenergia está preparado para absorver as reivindicações dos Acordos Coletivos, pois tem lucros significativos.” 

 

Coordenador da Intersindical Neoenergia e presidente do SINTERN José Fernandes

“O Seminário é importante para dar conhecimento aos trabalhadores do Grupo Neoenergia a realidade do setor elétrico, tais como tarifa, situação financeira das empresas, geração de emprego do quadro próprio e do terceirizado uma vez que os trabalhadores das empreiteiras correspondem a três vezes mais do que os do quadro próprio. Vamos definir as estratégias que serão utilizadas para vencer as dificuldades. Estamos na coordenação da Campanha Salarial daí a importância da realização do evento em Natal/RN. Também é uma oportunidade para qualificar os trabalhadores que vão estar na mesa de negociação.”

 

Diretor Financeiro do Sindurb/PE, André Monteiro

“Trabalhador sozinho tem pouca força para reivindicar. Assim, o trabalhador se junta a sindicatos e estes unidos ficam ainda mais fortes para pressionar pelas conquistas como fizeram o Sindurb/PE, Sinergia/BA e Sintern/RN através da Intersindical Neoenergia. Esta lógica se confirma com os resultados positivos nas campanhas salariais e ainda melhoramos a fórmula da apuração e distribuição da PLR também pela via desta luta. A articulação dos sindicatos deve respeitar as diferenças e especificidades de cada categoria daí a formula de sucesso que temos empreendido. Desta forma temos a pauta específica e unificada onde podemos convergir de forma consensual. Com trabalho e muita luta conquistamos a Campanha Salarial Unificada frente as pressões e negativas dos patrões”.

 

Assessor Técnico do DIEESE na FNU, Gustavo Teixeira

“No último ano, tivemos três reajustes de tarifas de energia elétrica. O reajuste tarifário de 2014 e o de 2015, bem como a revisão extraordinária em fevereiro de 2015. Estas correções praticamente ajustam e desequilibram as finanças das distribuidoras com a elevação do custo de energia. No lado operacional, o desempenho dos indicadores do Grupo Neoenergia tem sido positivo: crescimento no número de consumidores, distribuição de energia, etc. Diante da recomposição dos custos com energia na tarifa final e do desempenho operacional positivo. Levando em conta esses elementos, acreditamos que a Neonergia tem condições de oferecer um excelente Acordo Coletivo para os trabalhadores.”