Unidade e persistência da categoria garantiram o pagamento da PLR
29 de junho de 2015 | Autor: Direção do SINTERN
Fonte: Direção do SINTERN

Os trabalhadores do Sistema Eletrobras aprovaram por ampla maioria a proposta de PLR 2014 apresentada pela direção da Holding. Foram meses de uma dura discussão.

De inicio foi apresentando pelos negociadores da empresa uma proposta de apenas 0,7 da folha e nada mais. Ou seja, foi necessário um poder de mobilização, articulação politica e unidade muito grande dos trabalhadores, para convencer o Governo e a direção da Eletrobras que era preciso avançar.

Neste período de lutas foram feitas paralisações e uma greve históricas de três semanas. O Coletivo entende que mesmo não sendo a proposta ideal, houve uma melhora substancial no termo apresentado pela Holding, portanto a sua aprovação seria o caminho mais correto.

O coletivo e a FNU continuarão apoiando os trabalhadores que não aprovaram a proposta, buscando contribuir ao máximo para a saída deste impasse. 

O Coletivo parabeniza cada trabalhador (a) pelo empenho em buscar na raça essa PLR, porém, vencida essa batalha, a categoria deverá continuar mobilizada para iniciar a luta por um ACT 2015-2016 digno, que reflita as reivindicações da categoria.