A difícil negociação com a COSERN
16 de novembro de 2016 | Autor: Direção do SINTERN

Após a última rodada de negociação realizada no dia 16/11, a COSERN ainda não apresentou uma proposta digna para a pauta específica. A Empresa insiste em sua política de reduzir o que chama de custos ou despesas com os trabalhadores. 

 

A postura da bancada patronal não é de negociação e sim de imposição com retirada de conquistas. A luta por um Acordo Coletivo justo passa pela garantia de melhores salários e condições de trabalho. A evolução nas discussões necessariamente depende desse entendimento. 

 

Os trabalhadores não devem se iludir com promessas de fechamento de Acordo Coletivo rebaixado.

 

Amanhã, dia 17/11 haverá mais uma rodada de negociação. Os trabalhadores esperam que a bancada patronal apresente uma proposta que atenda as reivindicações da categoria. Na próxima sexta-feira, dia 18/11, às 8h, haverá assembleia e os trabalhadores estão convocados para se fazer presente em frente ao prédio sede da COSERN. 

 

Todos unidos, determinados e mobilizados!