Nova diretoria do SINTERN toma posse para gestão 2017-2020
12 de maio de 2017 | Autor: Direção do SINTERN
Fonte: Direção do SINTERN

No dia 5 de maio, foi realizada a cerimônia de posse da nova Direção do SINTERN para o triênio 2017-2020 que foi eleita nos dias 20 e 21 de março com 94,36% dos votos depositados nas urnas. O evento aconteceu no Auditório do SINSENAT e contou a presença de dezenas de trabalhadores e representantes de outras entidades sindicais do Rio Grande do Norte e de outros estados.

A cerimônia de posse teve uma mesa composta pelo dirigente José Fernandes de Sousa, Presidente do SINTERN; Pedro Blois, Presidente da Federação Nacional dos Urbanitários; Luiz Antônio Ciarlini de Souza, Presidente da COSERN; Eliane Bandeira, Presidente da CUT/RN; José Silvestre Prado de Oliveira, Coordenador de Relações Sindicais do DIEESE; Ioneide Sousa dos Santos, diretora eleita do Sindicato que representou os demais diretores da entidade; Madalena Alves Pereira Pinheiro, viúva do homenageado Miguel Rufino; e Paulo Álvares Barateiro, Vice-Presidente do SINTERN.

O primeiro a se dirigir aos presentes foi o Coordenador de Relações Sindicais do DIEESE, José Silvestre ao proferir sua palestra sobre a atual conjuntura política e econômica que tem desafiado a classe trabalhadora. De acordo com ele, “nesse momento de retirada de direitos e de desafios para os trabalhadores, ‘resistência’ será uma das palavras do movimento sindical como um todo e, principalmente, das ações do dos movimentos sociais e sindicais. Esta tentativa de retirada de benefícios aos trabalhadores foi desencadeada a partir do golpe parlamentar promovido por políticos patrocinados pelos setores empresariais que defendem erroneamente a tese que a crise será vencida à custa dos trabalhadores através das reformas previdenciária, trabalhista e da terceirização sem limites”.

Em seguida falou o presidente da Cosern, Antônio Ciarlini de Souza, que agradeceu o convite e desejou uma excelente gestão para a nova diretoria do SINTERN. “A posição da Empresa será sempre pela manutenção do diálogo que seja produtivo entre Empresa e Sindicato”, afirmou Antônio Ciarlini.

Para Ioneide Sousa dos Santos é uma grande satisfação e desafio estar na nova diretoria do SINTERN. Ela espera contribuir na luta da categoria da melhor forma possível na troca de experiências com os demais diretores sindicais.

O momento emocionante da solenidade de posse foi o agradecimento de Maria Emília Pinheiro, filha do falecido ex-presidente do SINTERN, Miguel Rufino Pinheiro Neto, pelas  homenagens prestadas uma vez que o auditório do Sindicato foi denominado com o nome do seu pai. “Vejo aqui algumas pessoas que trabalharam com ele e os lugares por onde passou. É impossível não relembrar dos meus momentos de infância que acompanhava a luta da categoria”, disse Emília Pinheiro ressaltando que “mesmo depois de muitos anos após o falecimento, o meu pai é carinhosamente lembrado. Fica a certeza que ele deixou um legado de luta como sindicalista e de amizades em sua convivência com os colegas de trabalho”.

Em seguida o vice-presidente do SINTERN, Paulo Barateiro, fez um relato histórico do Sindicato. “Esta entidade sindical tem um histórico de lutas e de conquistas que a torna uma das mais atuantes no Rio Grande do Norte. Muitos pensaram que tudo iria se acabar com a privatização da COSERN em 1997, mas se enganaram, pois estamos fortalecidos e ainda mais vitoriosos em nossas conquistas”, disse Paulo Barateiro.

Por sua vez, a presidente da CUT/RN, Eliane Bandeira, destacou a luta da classe trabalhadora na greve geral do dia 28/04 contras a terceirização e as reformas previdenciária e trabalhista que foi considerada uma das maiores já deflagradas no Brasil. “No Rio Grande do Norte foram registradas mobilizações em vários municípios com destaque para Mossoró. Em Natal 100 mil pessoas estiveram nas ruas para defender seus direitos”, afirmou Eliane Bandeira destacando que “o governo começa a recuar retirando algumas medidas, mas o que ficou dos projetos ainda retira muitas conquistas históricas da classe trabalhadora. Portanto, vamos continuar na luta! Nenhum direito a menos!”.

O Presidente da Federação Nacional dos Urbanitários, Pedro Blois, é de concordância com as demais falas em relação à atuação do SINTERN e das perspectivas sobre os próximos anos. “O Sindicato tem sido um dos grandes exemplos que tem impulsionado a luta geral das entidades sindicais. Acredito que a gestão dará continuidade a essa luta de fortalecimento interno da categoria e também de participação de lutas gerais dos trabalhadores e trabalhadoras, disse Pedro Blois”.

Por fim, o presidente do SINTERN, José Fernandes, destacou as conquistas dos Acordos Coletivos que melhoraram a vida dos trabalhadores. “Nada do que foi alcançado foi fácil, nem veio pela benevolência patronal. Construímos nossa história na luta, nas árduas negociações, mobilizações e paralisações. Com a união e determinação de todos daremos continuidade a este movimento vitorioso”, disse José Fernandes.

Após a cerimônia de posse, os presentes foram convidados a se dirigir a sede do SINTERN onde o presidente José Fernandes cortou a fita inaugural da reforma da sede do SINTERN.  Na ocasião foi servido um coquetel com música ao vivo. Toda ambientação foi decorada e a categoria está de parabéns pela realização deste grande evento.

 

As fotos do evento estão disponíveis no site e nas redes sociais do SINTERN