Veja como foi o dia-a-dia da luta na Campanha Salarial 2009/2010
11 de janeiro de 2010 | Autor: Direção do SINTERN

Agosto de 2009

Preparação para a Campanha Salarial Unificada

    A direção do SINTERN, SINERGIA/BA e SINDURB/PE se reuniram no dia 2 de agosto de 2009 na cidade de Aracaju, para começar a articulação da Campanha Salarial Unificada.

Setembro de 2009
Campanha Salarial: planejamento e organização

    A Intersindical Neoenergia realizou nos dias 11 e 12 de setembro de 2009, em Recife/PE, um seminário sobre o planejamento e a organização da Campanha Salarial.

Assembléias dão início a Campanha Salarial

    A direção do SINTERN realizou no período de 28 de setembro a 10 de outubro de 2009 as Assembléias Gerais Extraordinárias para discutir e deliberar sobre a Pauta de Negociações do Acordo Coletivo.

Outubro de 2009
Entrega da pauta de reivindicações

    A pauta de reivindicações e o Termo Aditivo de prorrogação da Vigência do Acordo Coletivo 2008/2009 foram encaminhados pela direção do SINTERN através de ofício no dia 9 de outubro de 2009 para a Superintendência de Gestão de Pessoas da COSERN. Após as devidas assinaturas, o Termo foi enviado para a Superintendência Regional do Trabalho.

Comitê Intersindical Neoenergia tem primeiro  encontro com Holding

    O Comitê Intersindical Neoenergia se reuniu no dia 15 de outubro de 2009, no Rio de Janeiro, com representantes do Grupo Neoenergia para avaliar a relação capital X trabalho nas empresas distribuidoras do Grupo.

Negociações do Acordo Coletivo 2009/2010 têm início

    Foi realizada no dia 20 de outubro de 2009 a primeira rodada de negociação do Acordo Coletivo de Trabalho 2009/2010. O protocolo de negociação foi assinado entre as partes e ainda foi estabelecido o cronograma de negociações.

COSERN ainda não colocou a mão no bolso

    Iniciaram-se no dia 22 de outubro as negociações, entre a bancada dos trabalhadores e a COSERN. Foram acordadas 25 clausulas nas quais foram mantidas as redações anteriores.

Superintendente de Gestão de Pessoas da COSERN se retira da mesa de negociação

    No dia 27 de outubro de 2009, a Comissão de Negociação realizou um trabalho de identificação das redações das cláusulas negociadas. A COSERN voltou a querer impor redação do Protocolo de Negociação para só fechar a negociação em bloco. Proposta esta rechaçada pela representação dos trabalhadores.
    As discussões sobre o Protocolo de negociação se exacerbaram e o Superintendente Gestão de Pessoas da COSERN abandonou a mesa de negociação em total desrespeito aos que estavam ali presentes.

COSERN apresenta proposta

    A COSERN apresenta uma proposta na negociação no dia 29 de outubro para a bancada dos trabalhadores e coloca essa proposta como parâmetro para avançar nas negociações. Nesta rodada foi assinado o Termo de Compromisso que garantiu a Data Base, bem como a manutenção de tudo o que a COSERN vem cumprindo.

Novembro de 2009
SINTERN apresenta contraproposta

    Na reunião ocorrida no dia 5 de novembro de 2009, foram assinadas duas Atas negociação com as alterações sugeridas pela bancada dos trabalhadores. A representação da categoria apresentou uma contraproposta incluindo as cláusulas que a COSERN, até o presente momento, nada havia proposto.

COSERN apresenta proposta que não atende aos trabalhadores

    A bancada da COSERN apresentou no dia 10 de novembro de 2009 uma contra proposta que vincula o aumento real nos salários ao abono e a produtividade. Situação esta totalmente descartada pela direção do SINTERN.

Comitê Intersindical Neoenergia acirra luta na Campanha Salarial Unificada

    O Comitê Intersindical Neoenergia iniciou uma nova fase de luta na Campanha Salarial Unificada. Os dirigentes sindicais do SINTERN, SINERGIA/BA e SINDURB/PE se reuniram no dia 12 de novembro de 2009, ocasião em que articularam a intensificação da mobilização dos trabalhadores.
    Os três sindicatos que compõem o Comitê Intersindical Neoenergia decidiram pela "mobilização conjunta”, assembléias, reuniões e decisões que deverão sempre ocorrer sob coordenação da Campanha Salarial Unificada. A partir do dia 17 de novembro de 2009, além das assembléias permanentes, os dirigentes sindicais estarão efetuando viajem ao Rio de Janeiro e Brasília com a finalidade do fortalecimento da Campanha.


Trabalhadores dizem não à proposta da COSERN

    Os trabalhadores deram uma demonstração de unidade e força ao rejeitar, por unanimidade, em assembléia permanente, realizada no dia 17 de novembro de 2009, a proposta da COSERN. A assembléia foi realizada de forma simultânea pelos empregados da COELBA e CELPE.
    Para avançar nas negociações, a bancada dos trabalhadores apresentou uma contraproposta mais arrojada e agressiva aos representantes da Empresa.

Intersindical Neoenergia busca ampliar os canais de negociação

    O Comitê Intersindical Neoenergia se reuniu no dia 25 de novembro de 2009 com o Grupo Neoenergia. No encontro, não foram discutidos números, entretanto, os diretores do SINTERN, SINDURB-PE e SINERGIA-BA reafirmaram a necessidade de ampliação dos canais de negociação já que as empresas estão com o freio de mão puxado.
    No mesmo dia os trabalhadores da COSERN, COLBA e CELPE realizaram assembléias permanentes para pressionar o Grupo Neoenergia no atendimento de suas reivindicações. Após a realização da assembléia, a bancada dos trabalhadores seguiu para negociação com a COSERN.

Segue o conta gotas da COSERN na mesa de negociação

    No dia 26 de novembro de 2009 ocorreu a 8ª rodada de negociação entre o SINTERN e a COSERN. A Empresa continua com o conta gotas e por isso os trabalhadores responderam com novas ações de luta.
    A proposta apresentada pela COSERN fica a reboque das demais condições de negociação apresentadas pelas demais empresas do Grupo Neoenergia.

Intersindical se reúne com Presidente da PREVI

    Com o objetivo de facilitar os canais para negociação com as empresas, a lntersindical Neoenergia se reuniu no dia 27 de novembro de 2009, com o presidente da PREVI, acionista majoritário do Grupo, Sérgio Rosa, no Rio de Janeiro. A reunião foi viabilizada pelo Deputado Federal Mauricio Rands (PT-PE), que acompanhou os sindicatos e deu todo apoio a Intersindical.
    Os sindicalistas pontuaram a atual divergência nos limites das propostas das empresas. Caso não surja uma nova proposta, a Intersindical registrou que existia uma paralisação prevista para os dias 1 e 2 de dezembro na COELBA, CELPE e COSERN.

 

Dezembro de 2009
Primeiro dia de paralisação dos trabalhadores da COSERN

    Foi grande a adesão dos trabalhadores ao movimento no dia 10 de dezembro de 2009. Os trabalhadores estiveram reunidos na frente da COSERN em assembléia permanente para pressionar a Empresa a atender as suas reivindicações no Acordo Coletivo. Tudo foi largamente acompanhado e divulgado na imprensa estadual e até nacional.

Segundo dia de paralisação dos trabalhadores da COSERN

    No dia 2 de dezembro 2009, os trabalhadores permaneceram o dia inteiro mobilizados e parados na frente da COSERN. No inicio da tarde, a Direção do SINTERN organizou uma feijoada para os manifestantes no estacionamento próximo ao Sindicato com presença maciça dos trabalhadores.

Neoenergia cede a pressão dos trabalhadores

    Depois da pressão, dos trabalhadores da COSERN, COELBA e CELPE paralisando suas atividades por dois dias, o Grupo Neoenergia apresentou proposta que considerou final para a pauta da Campanha Salarial Unificada do Comitê Intersindical Neoenergia.

Negociações das cláusulas específicas são retomadas, porém sem avanços
    A direção do SINTERN voltou para a mesa de negociação com os representantes da COSERN no dia 3 de dezembro de 2009 para debater as demais cláusulas especificas ainda não acordadas.

A decisão é dos trabalhadores

    A direção do SINTERN convoca os trabalhadores para as assembléias que foram realizadas em todo o Estado de 14 a 17 de dezembro de 2009. Em pauta: a avaliação da proposta do Acordo Coletivo de Trabalho 2009/2010.

Trabalhadores da COSERN aprovam proposta do ACT 2009/2010

    Os trabalhadores da COSERN aprovaram por maioria a proposta do Acordo Coletivo 2009/2010 nas assembléias    realizadas em todo estado de 14 a 18 de dezembro de 2009.
    Segundo a direção do SINTERN o maior avanço da Campanha Salarial 2009/2010 não pode ser traduzido pelos números conquistados.
    Para o Sindicato a maior VITÓRIA dos trabalhadores foi a forma com que a luta foi desenvolvida. Pela primeira vez o Grupo Neoenergia aceitou negociar com o COMITÊ INTERSINDICAL NEOENERGIA. Outra importante conquista OS TRABALHADORES PARTICIPAREM DAS ASSSEMBLÉIAS, da mobilização Sindical e da paralisação das atividades. Sombra de dúvidas os poucos benefícios conquistados só foram. Possíveis com A UNIÃO E PARTICIPAÇÃO DOS TRABALHADORES DA COSERN, COELBA e CELPE.