Intersindical discutiu nova proposta do Grupo Neoenergia
22 de dezembro de 2010 | Autor: Direção do SINTERN
Fonte: Direção do SINTERN

Após reunião bastante exaustiva, que começou às 15h da tarde e terminou às 24:00h do dia 22/12, a Intersindical - sob o coordenação da Federação Regional dos Urbanitários do Nordeste - FRUNE - conseguiu nova proposta do Grupo Neoenergia.

    A proposta discutida pelo Grupo Neoenergia refere-se à pauta unificada dos trabalhadores de Pernambuco, Bahia e Rio Grande do Norte. Embora não seja a proposta ansiada pelos Sindicatos, foi bastante difícil de alcançar avanços. A  Diretora de gestão de Pessoas do Grupo, Lady Batista de Morais, colocou como sendo a última oferta para fechamento de acordo.

    Diante da Exaustão do processo negocial, depois de várias discussões, a Intersindical solicitou por escrito a proposta final apresentada pelo Grupo Neoenergia a ser levada para Assembleia com os trabalhadores.

    Confira, na íntegra, a proposta apresentada pelo Grupo Neoenergia na última terça-feira (21):

PROPOSTA DO GRUPO NEOENERGIA


1. Empréstimo: será concedido aos empregados que manifestarem interesse, por escrito, empréstimo no valor de R$ 2.000,00 para os que tem margem consignada ou R$ 1.000,00 para os que não tiverem;


2. Liberação de Dirigentes para a FRUNE: voltaremos a discutir o assunto após o Carnaval;


3. PCCS: conforme texto acordado em Carta Compromisso, conforme abaixo:

PCCS COELBA E CELPE
A Coelba e Celpe colocará a seguinte clausula em ACT:
1- A Coelba e Celpe se compromete a implantar o PCCS durante a vigência do ACT;
2- A Coelba e Celpe fará uma pesquisa de mercado onde se reflita os salários das empresas do setor elétrico e demais empresas componentes do painel de mercado regional e apresentado aos representantes escolhidos pelo Sindicato;
3- A Coelba e Celpe se compromete a dividir / informar de forma permanente os passos e etapas da política de remuneração aos seus empregados e representantes dos trabalhadores;
4- A Coelba e Celpe se compromete a divulgar as tabelas salariais de todos os funcionais.

PCCS COSERN
    A Cosern se compromete em implantar um novo PCCS, ainda durante a vigência do atual ACT 2010 / 2011 em substituição ao PCCS atualmente em vigor aprovado pelo Conselho de Administração da Cosern em Dezembro de 2003.

4. Abono Salarial: no valor de R$ 1.300,00 a ser pago em 28/12/2010;


5. Tíquete: será concedido mensalmente 22 vales no valor facial de R$ 17,65 e a concessão de um 13º talão no valor de R$ 388,30, a ser pago em 28/12/2010;
6. Reajuste Salarial: ganho real de 1,11% mais o reajuste pelo INPC de 5,39% perfazendo o total de 6,50%;


7. Estabilidade / Garantia de Emprego: concessão de 30 meses indenizável;


8. Está compromissado, porém não constará da ACT, o abono dos dias parados e a liberação das punições.