Não se “tira leite de pedra”
28 de novembro de 2011 | Autor: Assessoria de comunicação do SINTERN
Fonte: Assessoria de comunicação do SINTERN

Não se “tira leite de pedra”. Foram negociadas hoje, dia 28 de novembro, apenas quatro cláusulas da pauta do Acordo Coletivo de Trabalho 2011/2012.


A 7ª rodada não foi muito diferente das demais uma vez que houve acirrado debate sobre as reivindicações dos trabalhadores envolvendo representantes do SINTERN e da COSERN.


O debate começou a partir da primeira cláusula. O Sindicato apresentou novos argumentos para tentar aprovar a pauta da categoria.


Contudo está cada vez mais difícil vencer a intransigência patronal. Será necessário acirrar a luta junto com os demais trabalhadores para avançar as negociações de forma significativa.


    Participaram da reunião pelo SINTERN: José Fernandes, Paulo Barateiro, Liane Câmara Matoso Chacon, Vicente de Paula Bezerra, Iaponi de Iliveira, José Reia Pereira, Cristiano Lopes da Silva e Adriano Medeiros. Pela COSERN: Francisco Antonio Veiga de Medeiros, José Carlos Esquaiela, Marcos Antonio Texeira Néri, Clayton Urbano Freire e Kleyse Kelly maia Siqueira.


    Esta foi a primeira negociação totalmente transmitida em tempo real através do Twitter e Facebook. Os próximos encontros também serão divulgados da mesma forma, então não deixe de incluir o SINTERN em seus contatos nas redes sociais.
A próxima reunião está agendada para o dia 6 de dezembro de 2011 (terça-feira), às 9h, no Hotel Pestana.

Quadro de negociações no dia 28 de novembro

CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA: AFASTAMENTO REMUNERADO: negociada conforme redação do ACT atual;


CLÁUSULA DÉCIMA OITAVA: CRECHE E PRÉ-ESCOLA: negociada conforme redação do ACT atual reajustando o valor da pré-escola para R$ 239,00;


CLÁUSULA VIGÉSIMA OITAVA: DIÁRIAS DE VIAGEM E QUILOMETRAGEM DE VEÍCULOS: Negociada conforme redação do ACT atual incluindo no final do caput da cláusula o seguinte texto: “Exceção para os deslocamentos fronteiriços da Paraíba e Ceará, onde o reembolso será efetuado de forma opcional, ou seja, despesa comprovada ou diária de viagem”. Os valores das diárias ficou em R$ 115,00 com exceção para as viagens para Natal, Macau, Mossoró e Assú que será de R$ 130,00;


CLÁUSULA TRIGÉSIMA QUARTA: DOBRA E TROCA DE TURNOS: negociada conforme redação do ACT atual.