COSERN distorce informações sobre DSR aos trabalhadores
17 de fevereiro de 2012 | Autor: Direção do SINTERN
Fonte: Direção do SINTERN

A COSERN não vinha pagando aos empregados que fazem horas extras o Descanso Semanal Remunerado - DSR, que é um direito do trabalhador. A Empresa foi autuada pela SRTE – Superintendência Regional do Trabalho e Emprego que determinou o início do pagamento a partir de outubro de 2011 e do retroativo dos últimos cinco anos.


    A COSERN tem realizado reuniões nos locais de trabalho na capital e no interior do estado divulgando informações controversas sobre assuntos de interesse da categoria.


    O fato é que quando ocorre falhas ou mudanças relativas as informações pela COSERN, a Empresa não é capaz de levar a conhecimento dos trabalhadores as modificações ou imprevistos ocorridos, seja verbalmente, através de boletins informativos ou e-mails para evitar o clima de revolta da categoria.


    A COSERN divulgou em todo estado e, inclusive ao Sindicato, que o DSR retroativo aos últimos 5 anos seria pago até 31 de janeiro de 2012. A Empresa ainda informou que contratou uma assessoria contábil para realizar os cálculos retroativos.


    Cobranças - Na oportunidade, a direção do SINTERN cobrou da COSERN como ficaria a situação dos  trabalhadores que haviam saído da Empresa por demissão ou aposentadoria, bem como dos que tem horas extras incorporadas. A Companhia informou que já havia encaminhado o que estávamos  pleiteando ao setor jurídico da Empresa.


    O SINTERN também reivindicou que a  COSERN elaborasse uma planilha, para cada trabalhador, com os valores apurados e seus reflexos. A idéia do Sindicato é permitir que cada empregado tenha condições de acompanhar e verificar se seus cálculos estão corretos.


    Por fim, o Sindicato ainda reivindicou que para o pagamento não sofrer atraso, a COSERN pagasse e que a planilha poderia ser entregue em outro momento, para que o trabalhador realizasse sua conferência.


    No dia 31 de janeiro de 2012, a diretoria do SINTERN foi informada pela COSERN que no dia anterior (30), a SRTE havia notificado novamente a Empresa para apresentar novos documentos. A superintendência estabeleceu que este material deveria ser apresentado até as 8h do dia 9 de fevereiro de 2012 sob pena de autuação na forma da Lei. A Companhia solicitou prorrogação para enviar os documentos no dia 15 de fevereiro de 2012. Oportuno lembrar que esta nova fiscalização nada tem haver com o pagamento do DSR.



Omissão gerou insatisfação dos trabalhadores


A diretoria do SINTERN tem como determinação jamais se omitir de esclarecer a verdade aos trabalhadores, doa a quem doer. A COSERN, insiste em não esclarecer devidamente os trabalhadores o que estar acontecendo com o pagamento do retroativo do DSR. O que está acontecendo?

a) Assegurou que o pagamento ocorreria até 31 de janeiro de 2012, palavra que não foi cumprida;

b) A SRTE, notificou para que a COSERN apresentasse toda documentação para aquela Superintendência até as 8hs do dia 09/02/2012. Entretanto, a COSERN não cumpriu integralmente a notificação e também não comunicou este fato aos trabalhadores.

c) A COSERN remarcou com a SRTE novo prazo para complementar a entrega da documentação para o dia 15/02/2012, o que não impede o pagamento do DSR.Os trabalhadores querem saber quando seus direitos vão ser respeitados?


    O difícil para o Sindicato e os trabalhadores, agora é saber como a COSERN divulgou que pagaria no dia 31/01/2012, se 15 dias depois deste prazo, ainda não conseguiu reunir toda a documentação necessária, para realização dos cálculos.

Em cima de que base haviam efetuado os cálculos para pagar em 31.01.2012? Quem sairia perdendo com esses cálculos? Mais uma vez os trabalhadores?