Apuração da pontuação conquistada pela COSERN para a PLR 2011
18 de abril de 2012 | Autor: Direção do SINTERN
Fonte: Direção do SINTERN

    A COSERN por sua vez que havia atingido mais de 550 pontos era “BOM” com 1%, entretanto pela nova regra a mesma que havia contabilizado 618,75 pontos entrou no novo sistema recebendo 19,2%, ou seja, passando a 1,192%.


    Nosso desejo era que tivéssemos 0,5% como as outras duas empresas, e nossa representação lutou por isto. O companheiro Pedro Damasio, quase que se indispôs com os participantes da reunião, face a sua disposição reivindicatória, objetivando a garantia de tratamento igualitário.


    A realidade é que não alcançamos o que desejávamos mais temos certeza de que conseguimos o mais difícil, que era modificar o modelo antigo, melhorando a forma de distribuição da PLR, e tornando-a mais justa.


    A luta pela PLR não acaba agora, além de lutar para continuar melhorando os futuros valores da PLR, os trabalhadores têm que se preocupar em conseguir discutir as metas propostas pela Neoenergia, tudo o que for conquistado pode não valer nada, ou seja, se a COSERN impuser metas cada vez mais arrojadas e inatingíveis, passa a ser a história de “dar com uma mão e tirar com a outra”. Portanto, os êxitos futuros estão na dependência da continuidade das lutas e, em especial, nas modificações dos objetivos corporativos.