Não basta estar na luta é preciso ser de luta
25 de junho de 2012 | Autor: Direção do SINTERN
Fonte: Direção do SINTERN

Prezados(as) eletriciários(as),

Estamos mais uma vez prestando contas de nossas ações sindicais. 2011 foi um ano no qual tivemos que nos organizar ainda mais para enfrentar e superar desafios. Como veremos ainda adiante neste jornal, os resultados foram alcançados, contudo nossa luta continua por melhores condições de trabalho e de salário.

Atuamos em várias frentes de luta. Por isso tivemos que reforçar a nossa defesa com organização e planejamento para, em seguida, partir para o ataque com mobilizações, assembléias e paralisações.

Foram muitos os momentos de superação. Nestas horas só tivemos a certeza que apenas com nossa união e determinação seriamos mais vezes vitoriosos.

Em 2011, escrevemos mais uma página na história de luta desta categoria. Muitas outras virão com novos e maiores desafios.

Neste processo só temos a certeza que é através da luta, da contribuição de cada um dentro do movimento e do espírito de coletividade que poderemos ter êxito. Isso porque o Sindicato organiza e orienta, mas é través da energia dos os trabalhadores que temos força para questionar e reivindicar.

Travamos uma luta desigual. A COSERN com o seu poder econômico e seus faturamentos milionários utiliza-se dessas influências para endurecer as lutas. Porém, como na luta de Davi contra Golias, temos mostrado que é possível combater as mazelas que afligem nossa categoria.

Para que esta luta continue é importante que cada trabalhador venha a somar a este movimento filiando-se ao SINTERN. È través do Sindicato que a categoria tem condições de enfrentar a precarização das condições de trabalho e de salários decorrentes da terceirização, assédio moral, falta de uma política de valorização e reconhecimento profissional, entre tantos outros.

Vamos continuar firmes nas lutas!

 

Direção do SINTERN