FNU condena proposta de demissões de trabalhadores nas empresas do Sistema Eletrobras
18 de outubro de 2012 | Autor: Direção do SINTERN
Fonte: FNU

A FNU classifica como um ato de covardia das direções das empresas do Sistema Eletrobras jogar nas costas dos trabalhadores e das trabalhadoras a responsabilidade na redução dos custos, anunciando que irão demitir como se fosse esta a única medida a ser tomada após o efeito previsto com a MP 579, que trata da renovação das concessões e da redução dos encargos nas tarifas de energia.

É importante lembrar que ainda não está definida a nova receita impactada pelo pacote das concessões. Além disso, as despesas de pessoal em relação à receita nunca estiveram tão baixas no setor elétrico. A renovação que defendemos prevê investimentos do Governo Federal no Sistema Eletrobras, capaz de garantir a manutenção do papel das empresas estatais como investidoras do setor de energia.