INDIGNAÇÃO, DECEPÇÃO, CONSTRANGIMENTO, DESRESPEITO E RAIVA
27 de novembro de 2012 | Autor: Direção do SINTERN
Fonte: Direção do SINTERN

Essas são algumas palavras que podem exprimir o sentimento da bancada dos trabalhadores, que ontem dia 22 de novembro, negociou com a bancada patronal da Cosern. O intuito dos representantes dos trabalhadores era avançar nas negociações com propostas dignas e que atendessem aos anseios dos cosernianos.

Os dirigentes sindicais em razão do apelo que a Intersindical fez a diretora Lady, no último dia 19, para que as negociações da pauta específica avançassem sem embromação, esperavam que os representantes da Cosern apresentassem propostas condizentes com o desempenho da empresa,que no ano de 2012, apresenta um lucro líquido 26% maior do que o do mesmo período em 2011. 

Ledo engano! Tomamos de cara uma proposta ridícula, desrespeitosa e, sobretudo, decepcionante. A bancada patronal teve a coragem de apresentar algo tão ruim que não merece sequer resposta. 

Além de negar quase tudo, em cerca de 80% delas, utilizou os mesmos jargões: manter redação do acordo atual e excluir da pauta. 

O que é isso? o que eles acham que somos? É assim que nos agradecem pelos índices e prêmios alcançados? Nos tratam como tolos e depois dão tapinhas em nossas costas?

Deveriam ter mais respeito com os cosernianos. A bancada dos trabalhadores rechaçou essa proposta aviltante. Não vamos calar diante dessa agressão. 

Os eletricitários da Cosern não merecem ser massacrados exatamente no seu momento. O mês de novembro é o momento de renovação do acordo, de reposição de perdas salariais. e de reconhecimento pelo serviço prestado nos últimos 12 meses. 

Não merecemos essa agressão! Devemos nos unir. Mobilizar e dar à esses senhores a resposta que merecem. Basta de embromação, humilhação e desrespeito!

Vamos à luta. paralisação já! Vamos realizar uma assembléia permanente durante todo o dia 29/11/2012.