Bancada dos trabalhadores sai valorizada da negociação
11 de dezembro de 2012 | Autor: Direção do SINTERN
Fonte: Direção do SINTERN

A categoria precisa reconhecer o trabalho desenvolvido pela a comissão dos trabalhadores na mesa de negociação. Não é nada fácil defender por dias durante horas a legitimidade do pleito dos cosernianos diante das dificuldades impostas pela bancada patronal.

Muitas vezes estes bravos companheiros abdicam de seus interesses pessoais e familiares em prol da luta coletiva. As negociações começavam no período da tarde e terminava na madrugada do dia seguinte.

Ainda existiam situações em que era preciso ter controle emocional, para ver e ouvir uma bancada patronal totalmente insensível ao pleito dos trabalhadores. Porém, a comissão da categoria soube conduzir o processo sem travar a negociação com a Empresa.

O que estava em jogo era a vida laboral e as conquistas dos cosernianos. Legitimada pela força da categoria. A representação dos trabalhadores foi além de seus limites para fazer valer as reivindicações.

Infelizmente, não foi possível fazer com que a COSERN atendesse todo o pleito. Mas fica o reconhecimento e a gratidão a todos, pelos esforços empreendidos pela comissão dos trabalhadores na mesa de negociação.