Crise na CEMIG
14 de março de 2013 | Autor: Direção do SINTERN
Fonte: Direção do SINTERN

O SINTERN está solidário a luta travada pelos trabalhadores da CEMIG, que há cerca de 5 meses estão sem Acordo Coletivo.

 

A Empresa impôs reajuste abaixo da inflação para os eletricitários, isto, sem negociar. A Companhia ainda lançou o PID (Programa de Incentivo a Demissão).

 

A CEMIG ataca o direito dos trabalhadores com propostas de rebaixar salários e horas extras e aplicar aumento zero para os tíquetes alimentação, além de acenar com mais de 100 demissões.