Negociação da PLR 2012/2013
05 de abril de 2013 | Autor: Direção do SINTERN
Fonte: Direção do SINTERN

Chegou o momento dos trabalhadores analisarem o que foi negociado para a PLR 2013/2014. Há mais de 3 anos, os sindicatos vinham discutindo os problemas que envolviam os objetivos corporativos e metas que compunham os valores para definição da PLR, entre os quais;

 

- O valor ORÇADO representava apenas “Bom”, para ser “Excelente” o resultado teria que ser 5% além do orçado. Nesta negociação o valor orçado passou a ser “Excelente”;

 

- Quando da apuração de cada objetivo será utilizado o critério linear  (veja gráfico abaixo). Os pontos excedentes superiores ao máximo serão utilizados no conjunto geral dos 10 objetivos que somados não poderão superar 1000 pontos.

 

Apuração do Objetivo da PLR  2013 passa de degrau para linear

 

 

 

OBJETIVOS CORPORATIVOS

(NEGOCIADOS E APROVADOS PARA A PLR 2013)

 

 Aumentar o EBITDA;

 

 Reduzir as Despesas Operacionais;

 

 Otimizar o Plano de Investimentos;

 

 Processo de Revisão Tarifária;

 

 Qualidade da Base de Remuneração Regulatória

 

 Análise e adequação do cadastro dos consumidores baixa renda;

 

 Melhorar a Arrecadação;

 

 Reduzir Perdas ;

 

 Melhorar Índice de Qualidade do Sistema Elétrico (IQX);

 

 Reduzir a Freqüência e Gravidade dos Acidentes (NST).

 

 

Dados e avanços da negociação PLR 2012/2013

 

Ebtida – R$ 315.371.000,00 x 1, 526% = PLR de R$ 4.812.561,46 (incluídos empregados e executivos). Nesta verba:

 

Os empregados teriam R$ 4.812.561,46 x 79,28% = R$ 3.815.398,63;

 

Os executivos teriam R$ 4.812.561,46 x 20,72 = R$ 997.162,83.

 

Após exaustiva negociação obtivemos um resultado que representa 32,88% a mais do valor que os trabalhadores teriam direito pelo processo antigo, ou seja, passando a verba de R$ 3.815.598,63 para R$ 5.070.000,00. Nas assembleias, a diretoria do SINTERN explicará o aumento da verba para que a categoria possa avaliar e votar conscientemente.