Notícias do Sindicato

Cosern segue sem avançar nas negociações

Uma nova rodada de negociação foi realizada nesta quinta, 18, entre representantes da Cosern e dirigentes do Sintern. Este é o quarto encontro que discute as cláusulas da pauta de reivindicação da campanha salarial 2018/2019. Dando continuidade ao que foi debatido no último encontro, onde a empresa se comprometeu em trazer informações sobre as demais cláusulas que não foram apresentadas. Confira os 3 (três) pacotes propostos:

Pacote 8 – Composto por 3 cláusulas: 34ª (abono pecuniário de férias), 35ª (função cumulativa), 36ª (serviço extraordinário);
Pacote 9 – Composto por 4 cláusulas: 12ª (plano de saúde odontológico), 15ª (almoço e lanche em serviço extraordinário), 25ª (diárias de viagem e quilometragem de veículos), 31ª
(sobreaviso);
Pacote 10 – Composto por 6 cláusulas: 18ª (seguro de vida em grupo, auxílio funeral, indenização por acidente e invalidez parcial ou total do empregado), 23ª (programa educacional), 24ª (justificativa de faltas), 28ª (contribuição assistencial), 29ª (troca e dobra de turno), 46ª (Penalidade (multa).

Durante a negociação, o Sintern optou pela dinâmica de ler e debater cláusula a cláusula as contrapropostas apresentadas pela Cosern.

Apesar do grande esforço em mesa por parte dos representantes sindicais, nenhuma cláusula foi
acordada. “Lamentavelmente, uma empresa que se orgulha em afirmar que é a melhor para se trabalhar e
começar uma carreira, desprestigia e menospreza o trabalhador sem oferecer propostas dignas para os
seus trabalhadores”, lamentou a diretora Oneide Morais, do Sintern.

SEM AVANÇOS, EMPRESA AINDA PROPÕE RETIRADA DE CLÁUSULAS DA PAUTA

Além de não apresentar uma proposta que garanta avanços em mesa de negociação, a Cosern sugeriu
a retirada de 17 CLÁUSULAS da Pauta do ACT. Confira os itens que a empresa não quer oferecer
proposta:

53ª (gratificação do COI), 54ª (participação dos empregados nas reuniões da CIPA), 55ª (fim da
terceirização), 57ª (extinção das APP no plantão e PA’s), 59ª (representação sindical e da CIPA), 60ª
(programa de cultura do trabalhador – Vale Cultura), 62ª (tratamento contra obesidade e dependência
química), 63ª (transferência de empregados), 64ª (comissão permanente de negociação), 65ª (equiparação
dos salários dos analistas), 66ª (equiparação dos salários dos coordenadores), 67ª (piso salarial linha
viva), 68ª (equiparação dos salários dos agentes de processos comerciais, agentes administrativos e
agentes financeiros), 69ª (equiparação dos salários dos agentes de serviços elétricos), 71ª (compromisso),
72ª (foro) e 73ª (retroativos).

Empresa precisa colocar a mão no bolso

Não podemos aceitar essa inercia da Cosern. O SINTERN não abre mão do debate e da permanência de todas as cláusulas constantes na pauta do ACT 2018/2019. “Não permitiremos que as reivindicações dos  trabalhadores sejam desrespeitadas e excluídas sem sequer serem discutidas”, alertou o diretor Benner Bezerra.

VAMOS LUTAR E RESISTIR!

AGILIDADE NAS INFORMAÇÕES

Com o objetivo de dar celeridade às informações, a bancada dos trabalhadores que fazem parte das
rodadas de negociações do ACT/2018/2019, decidiu que as notícias sobre os resultados de cada rodada
serão disponibilizadas através do site do SINTERN e redes sociais, entre elas FACEBOOK e WATHSAPP
dos grupos de Diretores que se responsabilizarão em divulgar para todos os trabalhadores. O boletim
impresso, em razão da logística necessária para produção, impressão e distribuição, será utilizado apenas
em situações pontuais.

AS PRÓXIMAS RODADAS DE NEGOCIAÇÃO SERÃO REALIZADAS NOS DIAS 23/10 (TERÇA-FEIRA), 30/10
(TERÇA-FEIRA), 01/11 (QUINTA- FEIRA) E 13/11 (TERÇA-FEIRA)

Vamos à luta Companheiros!!!!
Nenhum direito e benefício a menos!

Deixe uma resposta