DestaqueNotícias do Sindicato

NEOS NÃO PODE EXISTIR APENAS POR INTERESSE DOS ACIONISTAS

Seguindo a agenda de reunião, no dia 12/04, conforme acordado em compromisso de ACT para discussão da Fundação Néos, foi realizado um novo encontro para discutir as questõess da NÉOS. O encontro dá continuidade às reuniões que ocorreram nos dias 18 e 19/03/2019, quando foram apresentados o Modelo Previdenciário da Neoenergia NÉOS, e suas pretensões com fases do projeto, situação atual e proposta do Novo Plano CD.

Os representantes da Intersindical lembraram o mal estar causados aos trabalhadores, que foram surpreendidos com a forma sem comunicação da criação da Néos. Salientando que tudo que é criado novo deve aperfeiçoar ou melhorar o que está sendo praticado e a criação da nova entidade não traduz isso para os trabalhadores.

“A NEOS não pode existir apenas por interesse financeiro dos acionistas , mas em primeiro lugar olhar o futuro dos seus participantes e assistidos”, afirmou a diretora eleita da FASERN Liane Chacon.

A Intersindical solicitou esclarecimento da pretensão da Holding em fazer migração dos participantes para novo plano previdenciário da Néos, assinalando ser prejudicial para os que aceitarem a mudança, bem como, os participantes das fundações das empresas distribuidoras, solicitando que o assunto seja tratado com a imediata atenção.

A Intersindical apontou, ainda, várias divergências no novo plano que prejudicam os trabalhadores e iniciou assinalando 15 pontos danosos aos trabalhadores a exemplo de: governança, custeio e melhores práticas. A Holdind ficou de retornar com respostas na próxima reunião sobre os apontamentos realizados.

A Intersindical questionou e rechaçou os postos de atendimentos aos trabalhadores locais, em função aos atendimentos existentes hoje em suas Fundações, deixando claro que o modelo não significa nenhuma melhoria.

Foi também discutido com a Holding o teor dos editais de privatizações das distribuidoras do Nordeste, sendo verificado que há divergência em seus entendimentos. Por fim, foi confirmado uma nova reunião, em Natal, no próximo dia 14/05/19.

Deixe uma resposta