Notícias do Sindicato

SINTERN convoca os cosernianos para assembleias

Assembleias serão realizadas nos dias 21, 22 e 23, às 18h, pelo aplicativo Zoom. A votação será no dia 28/12/2020 das 8h às 18. Confira as informações

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

O Presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria Energética e Empresas Prestadoras de Serviços no Setor Elétrico do Estado do Rio Grande do Norte – SINTERN, no uso de suas atribuições legais, conforme determina a legislação vigente e o estatuto do Sindicato convoca os empregados da COSERN para deliberarem sobre a PROPOSTA DE ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2020/2021 em ASSEMBLEIAS GERAIS EXTRAORDINÁRIAS que ocorrerão nos dias 21, 22 e 23 de dezembro de 2020, às 18 horas em primeira convocação e às 18h30min em segunda convocação. As Assembleias serão esclarecedoras sobre a proposta e a deliberação ocorrerá no dia 28 de dezembro de 2020, das 8 às 18 horas. Esclarece que em virtude da impossibilidade de realizar assembleias presenciais, em face da Pandemia e a proibição de aglomeração, as assembleias serão por videoconferência, e terão acesso a mesma apenas os sócios e os não sócios que realizaram cadastro. Serão realizadas 03 assembleias em razão da quantidade de empregados da COSERN habilitados a participarem das mesmas. No dia 28 de dezembro de 2020 será disponibilizado nos grupos e no site do SINTERN um link individualizado para votação. A deliberação que substituirá a assembleia presencial será realizada em primeira convocação, no horário retro mencionado com o quórum determinado pelo estatuto, e em segunda convocação, 30 (trinta) minutos após o horário estipulado, neste Edital, com qualquer número de presentes.
Natal, 18 de dezembro de 2020
José Fernandes de Sousa
Presidente

 

Assembleias dia 21,22 e 23 de dezembro.
A partir das 18h, pelo aplicativo Zoom.
As Assembleias serão esclarecedoras sobre a proposta e a deliberação ocorrerá no dia 28 de dezembro de 2020, das 8 às 18 horas.

 

HISTÓRICO DAS NEGOCIAÇÕES

O SINTERN em conjunto com a INTERSINDICAL iniciaram as negociações com a NEOENERGIA, em setembro/2020, para tratar das cláusulas econômicas e sociais (reajuste salarial, vale alimentação, piso salarial, abono, entre outras). Já as negociações com os representantes do RH da COSERN – Pauta Local, teve apenas duas reuniões por videoconferência nos dias 04 e 11/11/2020, onde o SINTERN apresentou a pauta local com 16 (dezesseis) cláusulas, vindo a COSERN a determinar que só negociaria 5 (cinco) cláusulas e manteria as demais cláusulas sociais conforme ACT 2018/2020. Na sequência o SINTERN apresentou nova pauta com 6 (seis) cláusulas e ficou no aguardo da próxima reunião.
Nas duas únicas reuniões realizadas, o representante do RH da COSERN, demonstrou uma falta de habilidade para negociar, além de uma postura intransigente e impositiva, não criando um ambiente favorável para negociação.
O SINTERN com o objetivo de construir uma agenda de reuniões para conclusão das negociações, passou a realizar diversas ligações, muitas dessas não atendidas nem retornadas, pelo representante do RH, que de forma unilateral decidiu que as “negociações” seriam através de troca de mensagens por e-mail. Mais uma vez, na busca de abrir um canal de negociações, o Presidente do SINTERN, José Fernandes, ligou para o Diretor de Recursos Humanos da NEOENERGIA, Bruno Coelho, que demonstrou desinteresse em apoiar a retomada das negociações através de reunião por videoconferência, definindo pelo SINTERN que enviasse por e-mail, as cláusulas que deveriam ser negociadas. O que de fato ocorreu, porém mesmo assim, não houve negociações, vindo a COSERN na sequência a alterar de forma autoritária vários parágrafos de cláusulas já pactuadas no acordo, mesmo após ter proposto manter as cláusulas conforme ACT 2018/2020, ficando o SINTERN perdendo tempo solicitando ajustes.
O SINTERN vem a público repudiar a postura adotada pelos representantes da NEOENERGIA/COSERN pelo DESRESPEITO com a Comissão de Negociação do SINTERN, que são representantes direto dos trabalhadores da COSERN.
É bom lembrar que a COSERN menciona a “boa-fé” em todas as correspondências enviadas ao SINTERN, sem, contudo, praticá-la, seja por negar-se a realizar reuniões para concluir as negociações das cláusulas locais, seja por impor a negociação das Escalas de Plantões e PA’s num mesmo Acordo Coletivo de Trabalho, o que implicará em deliberação única para temas distintos, onde as Escalas atingem OS ELETRICISTAS.
ESCALAS
A COSERN praticava há bastante tempo, com turnos de 8 horas, sem anuência do sindicato, porém atendia a empresa e aos eletricistas. Esse ano a COSERN implantou uma nova escala de 6h, em 15 de setembro, que não atende a necessidade da empresa nem dos eletricistas. O objetivo da Cosern foi jogar os eletricistas contra o sindicato com essa mudança do modelo da escala desastrosa. Agora vem a Cosern querendo implantar uma nova escala de 8h, onde o eletricista ficará à disposição da empresa 9h, para trabalhar 8h, sem receber por essa 1h a mais e além do mais, com menos vantagens do que as escala com turno de 8 horas que era praticada
anteriormente.

 

PROPOSTA DA COSERN RETIRA CLÁUSULAS

Este é mais um ACT que a COSERN se nega a negociar o Plano de Cargos, Carreira e Salário (PCCS), retirando a  cláusula da pauta, deixando mais uma vez o trabalhador sem reconhecimento, sem motivação e sem perspectiva de carreira profissional. Esta cláusula de PCCS, a COSERN vem enrolando os trabalhadores há 06 (seis) anos e agora retira de Pauta e ainda sugeriu que o SINTERN judicialize o tema.
É fato que a Cosern, aquém do pretendido pelo SINTERN, ofereceu propostas que atendem em parte e que necessitam de reuniões para conclusão das negociações e finalização das redações das cláusulas negociadas. O SINTERN, como em negociações anteriores, espera que a COSERN em conjunto com o sindicato resolva os ajustes nas Cláusulas do Plano de Saúde, Lazer dos empregados, Escala dos Eletricistas e renovação das Cartas Compromissos: Banco de Horas e Horário Flexível e Compensação pela Mudança Temporária do Regime de Escala do COI.
A COSERN determinou que os líderes realizassem DESC com os empregados o que foi o maior desastre, pois muitos, por falta de conhecimento repassaram para os trabalhadores informações erradas, e um dos líderes chegou a informar que: “ A CESTA BÁSICA só seria concedida durante o ano de 2021.”
O SINTERN pretende realizar as Assembleias do dia 21/12/2020 ao dia 23/12/2020, mas estamos fazendo de tudo para cumprir este prazo, já que a COSERN determinou que os Diretores que estavam na Comissão de Negociação retornassem para a Empresa e eram eles que estavam conduzindo o processo para realização das Assembleias. Requeremos à Cosern a volta dos Diretores para o SINTERN e estamos aguardando resposta.
ASSEMBLEIAS
As Assembleias serão realizadas nos dias 21, 22 e 23 às 18 horas em primeira convocação e às 18:30 horas em segunda convocação. A votação será no dia 28/12/2020 das 8 às 18 horas. Estão cadastrados 856 trabalhadores que serão alocados, em salas virtuais, de no máximo 300 trabalhadores.
Serão formados grupos no WhatsApp onde os trabalhadores serão adicionados e receberão o link para participar das Assembleias. Para entrar na sala virtual da Assembleia, o trabalhador deverá se identificar com o nome que informou quando do cadastro, caso contrário, não será autorizado o seu acesso. Fique atento trabalhador!

MUITO ESTRANHO A COSERN DIVULGAR AS DATAS DAS ASSEMBLEIAS ANTES DO SINTERN! COM A EXPLICAÇÃO O DIRETOR BRUNO COELHO E A RH KLEYSE KELLY, OU EXPLICAM, OU DEMONSTRA QUE SÃO VERDADEIROS X9!

Para preservar o sigilo do voto dos trabalhadores o SINTERN vai solicitar a Empresa e ao Sétimo Ofício de Notas que realizem total controle e não permita que a COSERN tente fraudar a deliberação.

CUIDADO TRABALHADORES! QUALQUER CONVERSA DO SEU CHEFE COM VOCÊ, É FRAUDE!
DENUNCIE TODOS ASSÉDIOS DOS CHEFES!

#TrabalhadorDaCosernSeSuperaESóEscutaOSINTERN
#QuandoOAcordoÉRuimACosernFazDeTudoParaAprovar
#InformaçãoDaCosernÉFakeNews

6 Comentários

Deixe uma resposta